expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

sexta-feira, janeiro 31, 2014

VENDER O PEIXE ALHEIO DIZENDO QUE SEU É MUITO FEIO

COLUNA PRA INICIO DE CONVERSA: 31 DE JANEIRO DE 2014

01-. Do blog Portal no AR. 

Sobrinho da governadora depõe sobre compras com cartão clonado. Jovem foi chamado para comparecer à Delegacia de Defraudações para prestar esclarecimento. Material comprado foi entregue na casa dele. Por Saulo de Castro.  O sobrinho da governadora Rosalba Ciarline foi chamado na tarde desta sexta-feira (31) para comparecer à Delegacia de Defraudações para prestar esclarecimentos. À polícia José Luiz Ciarlini Tavares teve que explicar a compra de produtos para academia de ginástica com cartão de crédito clonado. De acordo com informações do blog do Jacson Damasceno, a polícia já vinha monitorando até o local onde ele deveria ser entregue e constataram que o endereço de destino era da casa do sobrinho da governadora. O jovem foi liberado após prestar depoimento ao delegado Júlio Costa. Mais informações no blog do Jacson Damasceno. Atualizado em 31 de janeiro às 18:11

02-. Repercussão negativa: 

Continua repercutindo negativamente as declarações do Professor Universitário que proferiu palavrões com a População de Pau dos Ferros e Região do Alto Oeste, como disse ontem eu me sinto atingido não só por ter Família por La mais também porque este Idiota não ter condições de ser Professor e já mais de uma Instituição de Ensino Conceituada como é o caso da Universidade. O Cabra precisa ser punido sim e se não lhe derem uma pena braba ele vai chamar outras Cidades de Cabaré. Que falta de Ética

03-. Mais um Caminhão do PAC 2 chega em São Francisco do Oeste/RN. 

Hoje chegou mais um equipamento de Trabalho doado pelo Governo Federal por meio do PAC 2 Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal, o k, mais uma ferramenta para População e espero que seja usado para ela, só deixo de concorda é vender o peixe alheio dizendo que é seu como diz uma nota no fá. Por favor, atenha-se.  

04-. Plantão Policial o cobra cascavel: 

A quebrada velha de guerra parece tranquila sem alterações que perturbe a ordem publica, pelo menos não ouvi falar de arruaça ou contenda nas 24 horas, a Vigília esta boa durante o dia com a Policia na Rua, hoje as noticias pras bandas de Baixo dar conta que as Policias do Rio Grande do Norte e Ceara prenderam uma perigosa Quadrilha de Assaltante de Bancos, um Policial sofreu grave acidente na BR 405 na Altura da Entrada de Felipe Guerra, a Policia prendeu outros Indivíduo inclusive um deles com Bastante droga e Armas, isso deixa claro que a Policia faz sua parte, Os Governos e o Código Penal desmancha os feitos das Policias: fazer o que

05-. Hoje estivemos mais uma vez no Assentamento Santa Helena: Hoje pela Manha fomos ao Assentamento Santa Helena/Sitio Aroeira, participar de uma reunião com os Assentados e Técnicos da Cooperativa Terra Livre. Amanha conto a historia


Vou ali e volto amanha se deus permitir, lembro a Zé Chupeta, a família esta de olho 

TEXTO E FOTO DO PORTAL NOAR

Bancada potiguar gastou mais de R$ 2,5 milhões da cota indenizatória

Paulo Wagner terminou o ano com maior gastador: foram mais de R$ 400 mil, ou seja, R$ 33 mil por mês, mais que o próprio salário


Por Ciro Marques
O salário de R$ 27 mil mensais não é o único valor que os deputados federais recebem da Câmara Federal para o exercício parlamentar. Além do subsídio, há também a chamada cota indenizatória, paga para que o deputado possa exercer sua função sem custos adicionais. É a Casa Legislativa que paga os custos das viagens aéreas, dos veículos alugados que eles utilizam e até da conta de telefone, aluguel de veículos, pagamentos de contas de telefone e, também, alimentação e, até, reforma do escritório. Pois é. Em 2013, apesar das manifestações cobrando mais cuidado com o uso dos recursos públicos, a bancada potiguar na Câmara Federal chegou aos R$ 2,5 milhões em gastos da Cota Indenizatória.
Paulo Wagner recebeu R$ 27 mil de salários e mais R$ 33 mil de cota
Paulo Wagner recebeu R$ 27 mil de salários e mais R$ 33 mil de cota
O maior gastador da cota da bancada potiguar foi o deputado federal Paulo Wagner, do PV. O parlamentar gastou, no total, R$ 404 mil, o que dá R$ 33,6 mil por mês, maior que o salário de deputado federal. Isso, porém, é apenas uma média. Afinal, em alguns meses, como junho e dezembro, Paulo Wagner gastou mais de R$ 40 mil com cota indenizatório. Boa parte disso, inclusive, com divulgação da atividade parlamentar (que consumiu cerca de R$ 10 mil por mês).
Contudo, esse não foi o único gasto que, ressalta-se, na lista de despesa de Paulo Wagner. Afinal, o parlamentar também gastou com telefonia, combustíveis e lubrificantes, passagens aéreas, consultoria e, destaca-se, fornecimento de alimentação parlamentar. Comida, jantares, em restaurantes como o Sal e Brasa, Cassol, Fogo e Chama.
Depois de Paulo Wagner, o maior gastador da cota indenizatória na bancada potiguar foi o deputado Betinho Rosado, do DEM. Cunhado da governadora Rosalba Ciarlini, Betinho utilizou R$ 371 mil da verba pública. Na relação de gastos dele, publicada no site da Câmara dos Deputados, destaca-se os meses de fevereiro, maio e julho, quando o parlamentar gastou R$ 58 mil (mais de duas vezes o próprio salário), R$ 48 mil e R$ 49 mil, respectivamente.
A relação segue com Sandra Rosado (PSB), João Maia (PR), Fábio Faria (PSD), Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Fátima Bezerra (PT). O valor total gasto, de exatos R$ 2.561.352, é superior a vários gastos do Governo do Estado (baseado no Portal da Transparência Estadual). Foi maior, por exemplo, que as despesas com pessoal e encargos sociais (outras despesas variáveis) pessoal militar, que só consumiu R$ 1,2 milhão em 2013. Com campanhas educativas também. Afinal, com isto, o RN gastou R$ 551,9 mil.
Veja a lista de gastos dos parlamentares do RN na Câmara Federal:
PAULO WAGNER
Total: 404.329
BETINHO ROSADO
Total: 371.999
SANDRA ROSADO
Total: 342.935
JOÃO MAIA
Total: 337.638
FABIO FARIA
Total: 306.824
FELIPE MAIA
Total: 297.034
HENRIQUE ALVES
Total: 250.381
FÁTIMA BEZERRA
Total: 250.212
TOTAL DA BANCADA POTIGUAR: 2.561.352
Atualizado em 31 de janeiro às 17:36

REPUBLICADO DO BLOG NOSSOPARANARN - VIA "RN POLÍTICA EM DIA"


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

NOTA SOBRE PUBLICAÇÃO DE DOCENTE (DHIEGO FERNANDES) EM REDE SOCIAL.


SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SEÇÃO NATAL / SINASEFE-NATAL

Natal, 31 de janeiro de 2014.


NOTA SOBRE PUBLICAÇÃO DE DOCENTE EM REDE SOCIAL

O Sinasefe Natal, diante dos últimos acontecimentos envolvendo professor vinculado ao Campus Pau dos Ferros e seus comentários sobre aquela cidade, repudia com veemência a postura adotada pelo referido docente, ao mesmo tempo em que lamenta a exposição negativa que este fato tem trazido ao IFRN.


Entendemos que a ação do docente fere de maneira frontal a conduta ética que se espera de um professor, assim como nem de perto condiz com o papel de servidor público no exercício do cargo. Além disso, seus comentários ofendem de maneira reprovável o distinto povo de Pau dos Ferros, que traz consigo a força de luta comum a todos os nordestinos, os quais precisam aprender a lidar desde cedo tanto com as adversidades regionais quanto com a ineficácia das políticas públicas implantadas.


Consideramos imprescindível, por fim, que sejam tomadas todas as providências cabíveis por parte da Reitoria do IFRN, no sentido de apurar os fatos com rigor e imparcialidade, adotando medidas que busquem evitar casos lamentáveis como este.

Nossa solidariedade ao povo de Pau dos Ferros!

Sinasefe Natal
*RN Política em Dia

CHARGE DE SINFRÔNIO NO DIÁRIO DO NORDESTE CEARA


TEXTO E FOTO VINDO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA DEPUTADA FEDERAL SANDRA ROSADO - PSB/RN

Proposta amplia formas de financiamentos para produção cultural 


A Câmara dos Deputados analisa proposta da deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN), o Projeto de Lei 5978/13, que amplia os projetos que podem ser beneficiados por recursos oriundos da troca de títulos da dívida pública interna por títulos da dívida externa.
Em 2001, a Lei 10.179 autorizou o Tesouro Nacional a emitir títulos públicos novos para substituir os títulos de dívida externa existentes na época, que estavam nas mãos de credores estrangeiros. Esses títulos novos receberam o nome de Notas do Tesouro Nacional (NTN).
Essa mesma lei permitiu que o detentor de NTNs pudesse usá-los para financiar projetos de obra cinematográfica e videofonográfica brasileira de produção independente. Ou seja, o investidor estrangeiro entrava como coprodutor da obra. “Tratava-se, à época, de indiscutível contribuição para a preservação de importante segmento da cultura nacional”, lembra Sandra Rosado.
Mas a medida acabou não contemplando outros setores também importantes para a formação da identidade cultural brasileira, como a música popular e erudita, as artes cênicas, as artes plásticas e a conservação e gestão de patrimônio histórico e equipamentos culturais. Agora, o projeto de Sandra Rosado estende o benefício para esses setores.
“A medida traz impactos apenas sobre a estrutura da dívida pública federal, mas não sobre seu montante global”, explica a parlamentar.
Tramitação
O texto, que já foi aprovado pela Comissão de Cultura, ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Finanças e Tributação, e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Texto e informações da Agência Câmara
Assessoria de Comunicação
 Dep. Sandra Rosado
Jornalista Katiana Azevedo
 

TEXTO E FOTO IZA MARIA BESSA

""No calor de um momento
Na loucura do meu pensamento
Eu fui atrás
Em busca da verdade de um segredo
Senti o amor estremecer
Na hora que eu te vi entrando
Num carro importado de vidro fumê..♪♪ 

 "''gente que #teima comigo quando eu estou certa, me #irrita num grau fora do normal.."
"antes de #julgar ou #apontar o dedo pra alguém, a gente tem que saber o que ta falando.. #Acho Não_Tenho Certeza!!"

TEXTO DO PREVIDÊNCIA SOCIAL

Regularizar a contribuição previdenciária não é bicho de sete cabeças

30 de janeiro de 2014 | Postado por ana.melo em Notícias
É possível imprimir GPS no site www.previdencia.gov.br
De Belo Horizonte (MG) – Como pagar as contribuições previdenciárias em atraso? Essa dúvida costuma perturbar muitos segurados que não estão em dia com o recolhimento previdenciário. Uma boa notícia é que, no caso das contribuições atrasadas dos últimos cinco anos, o usuário pode imprimir a guia de pagamento no site da Previdência Social: www.previdencia.gov.br.
O servidor da Agência da Previdência em Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Joaquim Cotta Neto, explica que basta digitar os dados solicitados para gerar a guia. “Não é necessário criar senha para esse serviço”. Quando existem várias competências a serem pagas, o sistema gera uma guia consolidada, com valor único. Após o pagamento dessa guia, os sistemas corporativos inserem automaticamente os valores correspondentes a cada competência. “Dessa forma, não é necessário ir até uma Agência para informar que meses foram pagos”, explica Joaquim Cotta.
Entretanto, o usuário que tiver dúvidas, deve se informar adequadamente antes de começar a contribuir por conta própria. Existem casos de segurados que começam a pagar as contribuições com valores mais baixos, relativas a modalidades em que não se enquadram por lei. “Aí, no momento de solicitar um benefício previdenciário, precisam regularizar a situação, o que atrasa a concessão do benefício, além de gerar valores a pagar”, informa o servidor.
Em dia – É importante o usuário manter as contribuições em dia para não ter dificuldade ao requerer benefícios previdenciários, como salário-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria, dentre outros. O recolhimento de contribuintes individuais, facultativos e domésticos deve ser realizado até o dia 15 do mês subsequente.
Já a categoria do empreendedor individual pode pagar a contribuição previdenciária até o dia 20 do mês subsequente. As contribuições em atraso são cobradas com multa diária de 0,33%. A Previdência Social coloca à disposição da população dois canais de atendimento, que ajudam a esclarecer as dúvidas dos cidadãos: a Central Telefônica 135, que funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h, e o site www.previdencia.gov.br. (Nilmara Pereira)
Print Friendly
Be Sociable, Share!

VEJA MATÉRIAS DO G 1 RN.COM - CLIQUE NAS LETRAS VERMELHAS

NOTIFICAÇÃO AO SERVIDOR DANIEL LEITE, ENVIADO PELA PREFEITA ANTONA GILDENE BARRETO


TEXTO E FOTO DA PAGINA DA CONTAG

Artigo: A revolução da agricultura familiar 

Hoje estamos em uma encruzilhada: aproximadamente 842 milhões de pessoas sofrem de fome crônica porque não conseguem comer adequadamente, apesar de não haver escassez de alimentos no mundo.

A busca atual é por sistemas agrícolas verdadeiramente sustentáveis, que possam satisfazer as necessidades de alimentos no planeta. E nada se aproxima mais do atual paradigma da produção sustentável de alimentos do que a agricultura familiar.

As Nações Unidas estabeleceram 2014 como Ano Internacional da Agricultura Familiar. É uma oportunidade perfeita para destacar o papel dos agricultores familiares na erradicação da fome e na conservação dos recursos naturais, elementos centrais do futuro sustentável que queremos.
O apoio à agricultura familiar não faz oposição à agricultura especializada de grande escala, que também tem um papel importante para garantir a produção mundial de alimentos e enfrenta seus próprios desafios, incluindo a adoção de enfoques sustentáveis.

Temos muito que aprender sobre as práticas sustentáveis dos agricultores familiares, já que a maior parte da experiência mundial em sistemas de agricultura sustentável foi adquirida pela agricultura familiar.

De geração em geração, os agricultores familiares transmitem conhecimentos e habilidades, preservando e melhorando muitas das práticas e tecnologias que podem apoiar a sustentabilidade agrícola.

Com o uso de técnicas inovadoras, como a construção de terraças e a adoção de práticas de lavoura zero, os agricultores familiares conseguiram manter a produção em terras muitas vezes marginais. 
A conservação e o uso sustentável dos recursos naturais têm suas raízes na lógica produtiva da agricultura familiar e essa é a diferença da agricultura especializada de grande escala. A natureza altamente diversificada das atividades agrícolas coloca a agricultura familiar em função central de promoção da sustentabilidade ambiental e na proteção da biodiversidade, e contribui para uma dieta mais saudável e mais equilibrada.

Os agricultores familiares também têm um papel fundamental nos circuitos locais de produção, comercialização e consumo, que são importantes não só na luta contra a fome, mas também na criação de emprego, geração de renda e no fomento e na diversificação das economias locais.
Estima-se que existam 500 milhões de tipos de agricultura familiar no mundo, que representam, em média, mais de 80% das explorações agrícolas. Tanto nos países desenvolvidos, como nos em desenvolvimento, são os principais produtores de alimentos de consumo local e os “administradores” principais da segurança alimentar.

No passado, com bastante frequência, os agricultores familiares eram considerados um problema que tinha que ser solucionado e objeto de políticas sociais com potencial limitado. Essa é a mentalidade que temos que mudar. Os agricultores familiares não são parte do problema. Ao contrário, fazem parte da solução para a segurança alimentar e o desenvolvimento sustentável.

O que os agricultores familiares precisam é similar em todo o mundo: assistência técnica e políticas baseadas em seus conhecimentos que reforcem o aumento da sustentabilidade da produtividade; tecnologias apropriadas; insumos de qualidade que respondam a suas necessidades e respeitem sua cultura e tradições; especial atenção às mulheres e aos jovens agricultores; fortalecimento das organizações e cooperativas de produtores; melhor acesso à terra, à água, ao crédito e aos mercados, e esforços para melhorar a participação na cadeia de valores.

O Ano Internacional da Agricultura Familiar 2014 nos brindará com a oportunidade única de revitalizar esse setor crítico, para o bem da alimentação de toda a humanidade.

José Graziano da Silva, agrônomo, e diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO)

FONTE: Correio Braziliense

TEXTO DA PAGINA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

Da Redação (Brasília) – Os trabalhadores autônomos que trabalham por conta própria podem se filiar à Previdência Social como contribuinte individual. Nesta categoria, além destes profissionais, estão também os empresários e aquelas pessoas que prestam serviços de natureza eventual a empresas, sem vínculo empregatício, e os empreendedores individuais que são os trabalhadores que atuam por conta própria e possuem faturamento bruto de até R$ 60 mil por ano.
Entrou no ar nesta semana uma campanha publicitária nacional feita pela  Previdência Social em veículos de comunicação (TVs, rádios, revistas, elevadores) incentivando a formalização dos profissionais que trabalham por conta própria e ainda não contam com a proteção previdenciária. O contribuinte individual formalizado passa a ter direito aos benefícios previdenciários, conforme a alíquota de recolhimento.
O valor da contribuição como contribuinte individual pode ser de  5%, 11% ou 20%. A alíquota de 5% é exclusiva do empreendedor individual.  Este trabalhador tem direito a todos os benefícios da Previdência Social com exceção da aposentadoria por tempo de contribuição.  Os demais trabalhadores podem recolher a contribuição de 11% sobre  o salário mínimo vigente por meio do Pano Simplificado. Quem contribuir nessa modalidade não tem direito a aposentadoria por tempo de contribuição.
Se optar por recolher sobre 20%, o salário de contribuição varia entre o salário mínimo e o teto máximo de recolhimento da Previdência Social (hoje R$ 4.390,24). Nesta modalidade de contribuição, o trabalhador tem direito a se aposentar por tempo de contribuição quando completar 30 anos de tempo de serviço para mulheres  e 35 anos para os homens. Podem também se aposentar por idade, aos 60 anos se mulher e 65 anos, se homem, desde que possuam ambos  no mínimo 180 meses de contribuição.
De acordo com o Anuário Estatístico da Previdência Social, em 2012, o total de contribuintes individuais cadastrados era de 11.910.290. Destes, 8.278.311 fizeram adesão ao plano completo, 2.108.848 ao plano simplificado e 1.523.131 eram empreendedores individuais.
Quem já está inscrito na Previdência Social não precisa de nova inscrição. Já aquelas que nunca contribuíram podem se inscrever por meio da Central de Atendimento 135, pela internet no site da Previdência Social  ou em  qualquer Agência da Previdência Social.

TEXTO E FOTO DO BLOG SENTINELAS APODI

Operação conjunta da Policia Militar do RN e Ceará prende quadrilha de assaltantes em Tibau


Uma operação envolvendo Policiais Militares dos estados do Rio Grande do Norte e Ceará termina com cinco pessoas detidas acusados de uma serie de assaltos na Região. Três acusados foram detidos ainda no estado do Ceará e dois no bairro Malvinas em Mossoró.A Operação foi coordenada pelo Ten Júlio Cesar comandante do policiamento da cidade de Tibau, em conjunto com Policiais do Policia Ostensiva Geral, “POG” e do Batalhão de Policiamento Turistico “BPTur” do estado do Ceará.O assalto à lotérica no centro de Icapuí aconteceu por volta de 15 horas e a quadrilha que estava em duas motocicletas e em um carro, fugiu em direção ao Rio Grande do Norte, mas foi seguida pela equipe de Icapuí, que solicitou apoio do Pelotão de Tibau. Parte do grupo foi detida na Praia de Melancias. Os demais debandaram com o dinheiro do assalto. Ruan Marques Bezerra, 20 anos de idade, segurança de festa, residente no bairro Planalto 13 de Maio e Luciano Félix Lemos de 27 anos segurança de festa e residente no bairro Malvinas em Mossoró, foram detidos logo após praticarem um assalto em uma casa lotérica na cidade de Icapuí. Ruan e Luciano apontaram mais três pessoas que foram detidas, uma no Ceará e duas em Mossoró acusadas de participarem do assalto.
 Os cinco foram levados para a cidade de Icapuí, onde serão apresentados a autoridade responsável. Ruan e Luciano confessaram participação no assalto os outros três, negam envolvimento com o grupo, mas foram levados como suspeitos.Segundo o Tem Júlio Cesar, da cidade de Tibau, os registros de assaltos e roubos na região, são alarmantes. Ele acredita que o grupo vinha agindo há muito tempo e espera que com as prisões de hoje possa chegar a mais envolvidos.
Operação Fronteira Segura:Tibau RN: Ten. Júlio Cesar, Sgt Marcio Lobo, Sd’s Irinaldo, J. Oliveira, Lima, Victor, Joel e Aristoteri.
O câmera

TEXTO E FOTO DO BLOG SENTINELAS APODI

Pau dos Ferros - População protesta após professor chamar cidade do RN de "cabaré"

Professor postou ofensas a Pau dos Ferros nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)
A postagem do professor de informática Dhiego Fernandes nas redes sociais chamando o município de Pau dos Ferros de “cabaré” gerou um protesto dos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN) nesta quinta-feira (30). De acordo com a direção do IFRN de Pau dos Ferros, onde o professor trabalha, os estudantes cobram uma punição a Dhiego Fernandes.
 Nesta quarta-feira (29), o professor postou uma foto da cidade e escreveu "Infelizmente sou obrigado a vim nesse cabare chamado pau dos ferros. Deixo para os nativos da regiao ficarem tomando banho de lama e levar sol quente na cabeça..."(sic). Alguns internautas questionaram a postura do professor também nas redes sociais e ele rebateu com outra postagem.
 "Foda-se aqui eu posto o q eu quero. Aqui tem mil e motivos para achar essa cidade uma merda. Ja estou de passagem e vou embora dessa cidade no máximo em abril. Vcs merecem viver em uma cidade podre e tomar banho de lama por votarem nesse pessoal do democratas. Eee ooooo vida de gadooooo" (sic).
 Após a grande repercussão das postagens nas redes sociais, o professor publicou um pedido de desculpas na internet onde disse que aquela era sua opinião pessoal sobre a cidade e que não teve a intenção de ofender a população de Pau dos Ferros.
 O assunto foi parar na seara administrativa do IFRN e nesta quinta a instituição soltou nota afirmando que “as opiniões atribuídas ao referido docente não exprimem de maneira alguma o posicionamento da instituição a respeito do município e da população de Pau dos Ferros”. A nota diz ainda que "as manifestações veiculadas nas redes sociais manifestam opinião de ordem pessoal, em espaço pessoal, não institucional, criado de forma privada, sobre o qual este IFRN não pode exercer qualquer tipo de censura ou ingerência".
 A direção do IFRN se comprometeu a apurar o fato e tomar as providências cabíveis. Ao G1, a direção informou que vai nomear uma comissão interna para apurar os fatos.
Estudantes protestaram pedindo punição ao professor (Foto: Neto Alves/Arquivo Pessoal)
Do G1/RN

OS TROUXAS DEIXAM SE ENGANAR POR ?

NÃO É DIFÍCIL >

LEIA AS MATÉRIAS DO G 1 RN.COM - CLICANDO NAS LETRAS VERMELHAS


Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento