expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

quinta-feira, maio 31, 2012


Pra Inicio de Conversa: 31/05/2012

01-. Pague o Taxi, é uma historia de um Português muito Pão Duro e não gostava nem um pouco de Pobre e por desconto de pecado alguns Pobres foram lhe pedir para pagar o Taxi, pedido vai e negativa vem, no final disse um dos interlocutores, chegou o Taxi, Pague o Taxi e Taxi foi pago. Pague o Taxi.    
02-. Hoje foi um dia muito proveitoso para os Verdadeiros Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Brasil, lendo as Matérias abaixo vocês entendem por que, a Presidenta Dilma deu a resposta às reivindicações dos Trabalhadores que estão participando do Grito da Terra Brasil 2012, a manifestação encera-se hoje com um saldo positivo para Agricultura Familiar, resta saber se os Verdadeiros Agricultores vão ser beneficiados. Se depender da Assistência Técnica do Governo do Estado, será um desastre.  
03-. Interessante à historinha contada hoje por uma Cidadã sobre a Saúde na Quebrada Velha de Guerra. É brincadeira
04-. Hoje é a Ultima Noite de Maio como diz os Caboclo do Sertão Nordestino, no Centro da Cidade em frente à Igreja de São Francisco do Assis tem uma Multidão fazendo Orações. Um ato de Fe, bonito ei.  
05-. A Quebrada Velha de Guerra continua tranquila sem alterações, a Policia esta de plantão fazendo roda pelas Ruas e Bibocas no comando do CB PM Rosano Rego, saudações aos Policiais.
06-. Sobre a Bandeira: A celeuma da Bandeira continua dando pano pras mangas com Mandato de Segurança não julgado ate estas horas mais pode ser julgado a qualquer momento pra sim ou pra não, de qualquer forma trava-se mais uma Luta Judicial. As Cores e os Caprichos   
Esta è a Oficial
07-. Atenção Agricultores Familiares que vão Comprar Ração ou Milho ao Governo Federal através da CONAB façam tudo, menos servi de Laranja pra outras Pessoas OK, fiquem avisados que se souber de qualquer desvio de finalidade seremos obrigado formalizar denuncia na Procuradoria Geral da Republica em Mossoró, onde já tramita alguns Processo sobre o PRONAF deste Município. Vamos fazer direitinho Tá     
Vou indo e volto amanha se Deus permitir, lembro que a Família esta de Olho e ouvidos bem abertos OK Só.



REGIMES PRÓPRIOS: Orientação Normativa auxilia os RPPS de todo o país na aplicação da EC nº 70
A EC 70 traz alterações no cálculo da aposentadoria por invalidez dos servidores públicos
31/05/2012 - 17:00:00

Da Redação (Brasília) - O Ministério da Previdência Social divulgou nesta quinta-feira (31) a Orientação Normativa nº 1, que orienta os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) da União, de estados e municípios na aplicação da Emenda Constitucional nº 70. A EC 70, aprovada em 29 de março deste ano, traz alterações no cálculo da aposentadoria por invalidez dos servidores públicos.

De acordo com a nova regra, os proventos dos servidores aposentados por invalidez que ingressaram no serviço público até o dia 31 de dezembro de 2003 deverão ser calculados com base na remuneração do cargo efetivo em que se der a aposentadoria. O benefício decorrente poderá ser integral ou proporcional, dependendo do motivo da invalidez, e reajustada pela paridade com a remuneração dos funcionários da ativa.

O diretor do Departamento dos Regimes de Previdência no Serviço Público do MPS, Otoni Gonçalves Guimarães, explica que os benefícios concedidos após 31 de dezembro de 2003, aos servidores que ingressaram antes dessa data, deverão ter seu cálculo revisto. “A orientação normativa não altera em nada a EC nº 70, apenas estamos auxiliando os RPPS de todo o país na aplicação da nova regra. O objetivo é que não restem dúvidas sobre como proceder a respeito da aposentadoria por invalidez dos servidores”, destacou Guimarães. Além da ON, já está disponível na página da Previdência Social na internet
Nota Técnica detalhada sobre o entendimento desta matéria.

Informações para a Imprensa
Natália Oliveira
(61)2021.5321
Ascom/MPS

Governo dá respostas às reivindicações do Grito da Terra


Com a presença da presidenta Dilma Rousseff, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, anunciou, na tarde desta quarta-feira (30), no Palácio do Planalto, em Brasília, as respostas do Governo Federal para a pauta de reivindicações que compõe o Grito da Terra 2012. A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência e dirigentes da Confederação dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e das 27 federações estaduais , acompanharam o anúncio das medidas feito pelo ministro Pepe Vargas. A presidenta Dilma e Pepe Vargas valorizaram a participação dos movimentos sociais nas discussões relativas ao Grito da Terra e ao novo Código Florestal. A presidenta afirmou que o governo não medirá esforços para garantir o acesso ao crédito para a safra 2012/2013, que passa de R$ 16 bilhões para 18 bilhões. “Se for preciso, nós ampliaremos este recursos para garantir crédito aos agricultores familiares”, destacou.

Pepe Vargas anunciou a mudança no crédito de instalação para habitação nos assentamentos, que passará a seguir as regras semelhantes ao programa Minha Casa, Minha Vida. O ministro enfatizou que esta alteração ainda está sendo elaborada de forma mais aprofundada junto aos movimentos sociais, Caixa Econômica Federal, Ministério das Cidades e Instituto de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Com a mudança, o valor disponível para a habitação nos assentamentos passa de R$ 15 mil para R$ 25 mil, com subsídio de 96%.

O ministro antecipou, ainda, que não haverá contingenciamento de recursos para a compra de terras para novos assentamentos. Pepe Vargas afirmou que serão disponibilizados R$ 706,5 milhões e que já está sendo definido um cronograma para a liberação dos recursos. O ministro lembrou que, deste montante, já foram liberados R$ 244 milhões: R$ 200 milhões para a emissão de título das propriedades e R$ 44 milhões para indenizações por benfeitorias. “Só estas indenizações viabilizam o assentamento de 11 mil famílias”, completou.

Outra medida anunciada foi a ampliação do limite de crédito para o Pronaf Semi-Árido, que passa de R$ 12 mil para R$ 18 mil. De acordo com o ministro, as medidas relacionadas à crédito serão anunciadas integralmente no Plano Safra.

Um dos temas bastante cobrados pelos movimentos sociais - a assistência técnica - foi mencionada pela presidenta Dilma como uma meta de governo. Nesta direção, Vargas antecipou que o Governo Federal garante a liberação de mais R$ 300 milhões para assistência técnica e extensão rural (Ater). Com o descontingenciamento, o valor para Ater atingirá R$ 542 milhões.

Ao final da reunião, o ministro Pepe Vargas sugeriu a criação de três grupos de trabalho para aprofundar a discussão sobre o Programa de Garantia de Preço Mínimo (PGPM), sobre tributação para a agricultura familiar e para o aperfeiçoamento do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).
Clique aqui e confira as medidas

Foto: Albino Oliveira/MDA
 

ABERTURA OFICIAL DO 18º GTB CONTA COM PRESENÇA DE PARLAMENTARES, CENTRAIS SINDICAIS E EX-PRESIDENTE DA CONTAG

31/05/2012
A abertura oficial do 18º Grito da Terra Brasil aconteceu no final desta manhã, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O ato foi acompanhado pelos milhares de trabalhadores e trabalhadoras rurais que vieram de todo país e por lideranças de entidades parceiras. Vários parlamentares prestigiaram o evento e apoiaram a pauta de reivindicações da categoria trabalhadora rural. Estiveram presente os deputados federais Domingos Dutra (PT-MA), Assis do Couto (PT-PR), Daniel Almeida (PcdoB-BA), Zé Silva (PDT-MG), Padre Tom (PT-RO), Marcon (PT-RS), Erika Kokay (PT-DF) e o deputado estadual Jean Fabrício (PcdoB-BA).
O presidente da CONTAG, Alberto Broch, iniciou as falas e reafirmou a importância do GTB na história de lutas do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR). “A maioria das políticas públicas para o campo, do Governo Lula para cá, são fruto das negociações do Grito da Terra Brasil”. O dirigente aproveitou para informar que a pauta desse ano inseriu a problemática da seca do nordeste e do sul e das enchentes no norte, que trouxeram enormes prejuízos para os agricultores e agricultoras familiares brasileiros. “Nós queremos nesse Grito da Terra Brasil negociar e conquistar políticas concretas, mas também queremos dialogar com a sociedade, que deve valorizar quem produz os alimentos que chegam à nossa mesa”, destaca.
Representando todos os parlamentares presentes, o deputado federal Domingos Dutra, que é presidente da Frente Parlamentar dos Direitos Humanos, enfatizou a luta dos deputados parceiros que buscam a aprovação de políticas e leis de interesse da agricultura familiar, como a PEC 438/01 e o novo Código Florestal Brasileiro. “Agora, temos que convencer a presidenta Dilma a destinar mais recursos para a reforma agrária”, disse o deputado.
O ex-presidente da CONTAG, Francisco Urbano, também participou da abertura oficial. Ele resgatou a trajetória dos dirigentes sindicais no período da ditadura militar, onde muitos foram assassinados, violentados e foram obrigados a viver no exílio por muitos anos. Urbano está na expectativa de que a Comissão da Verdade solucione muitos desses casos.
As centrais sindicais CTB e CUT apoiaram o GTB. Jailson Cardoso, diretor da CTB, reconheceu a unidade do Sistema CONTAG, que congrega milhares de trabalhadores e trabalhadoras rurais, e é considerada a maior entidade sindical da América Latina. “A pauta da CONTAG é também nossa pauta”, afirmou. Já o secretário de Organização Sindical da CUT, Jacy Afonso, disse que o governo Dilma precisa ter ousadia para enfrentar os latifundiários, como tem enfrentado os banqueiros. “O governo tem que tratar os desiguais de forma diferente”, defende.
Por fim, Gerardo Iglesias, diretor da UITA da regional América Latina, parabenizou a confederação por esse grande ato e aproveitou para informar a eleição da CONTAG para o comitê internacional que defende os interesses dos assalariados e assalariadas rurais. A escolha da entidade teve o apoio de organizações de assalariados e camponeses de todos os continentes. O dirigente também destacou o empenho do movimento sindical em combater a violência. “A impunidade é o combustível que está alimentando a violência que ocorre no campo. Talvez em setembro faremos um grande fórum aqui no Brasil contra a violência no meio rural”, informa.
Programação – No período da tarde, os trabalhadores e trabalhadoras rurais sairão em caminhada em direção aos Ministérios do Trabalho e Emprego e Fazenda. No caminho, aproveitarão para cobrar de outros ministérios resposta à pauta de reivindicações.
Outras comissões estão se dirigindo nesse momento à Câmara dos Deputados, onde participarão de uma agenda da Comissão dos Direitos Humanos e de uma audiência com o presidente Marco Maia. Mais tarde, por volta de 17 horas, outra comissão será recebida pela presidenta Dilma Rousseff.






O GTB EVENTO DE MASSA FINALIZA HOJE EM BRASÍLIA-DF

Diretores: Zé Ferreira, Erivam do Carmo, Deputada Federal Fátima Bezerra e o Assessor Gilberto Silva
Trabalhadores e Trabalhadoras em Direção ao Congresso Nacional


Presidente Ambrósio Lins aguardando chamado para participar da audiência no Palácio do Planalto
Hoje quarta-feira (30 de maio), continuamos em Brasília participando do 18º Grito da Terra Brasil. Cerca de 8 mil trabalhadores e trabalhadoras rurais vieram de todos os estados brasileiros para nos ajudar a cobrar do governo federal respostas concretas à pauta de reivindicações. Nesse momento, estamos concentrados em frente ao Congresso Nacional para cobrar dos parlamentares a aprovação do novo Código Florestal com os vetos e alterações da presidenta Dilma Rousseff, da PEC 438/01 (Trabalho Escravo) também como foi aprovado na semana passado, e outros projetos de lei que estão aguardando votação na Câmara dos Deputados e Senado Federal.
A Deputada Federal do PT/RN Fátima Bezerra está nesse momento com parte da representação da FETARN (José Ferreira, Erivam do Carmo e Gilberto Silva) enquanto que o Presidente da entidade Ambrósio Lins se dirigiu ao Palácio do Planalto para participar de mais uma audiência de negociação.
Os trabalhadores e trabalhadoras rurais aproveitam para fazer um ato sobre a violência no campo, citando todas as lideranças do campo e da floresta que foram assassinadas devido a luta pela terra e busca de melhores condições de vida e trabalho para a população rural. Foram expostas cruzes brancas no gramado do Congresso Nacional para representar todas as vítimas e denunciar que muitos desses crimes ainda continuam impunes.
Fonte: Gilberto Silva – Assessor FETARN
CONTAG reconhece avanços na resposta à pauta do GTB, mas reforma agrária novamente não entra na agenda do governo
Em audiência no final da tarde desta quarta-feira (30 de maio), o governo federal anunciou as respostas à pauta de reivindicações do 18º Grito da Terra Brasil, que reuniu 138 itens. Serão disponibilizados R$ 18 bilhões para o Plano-Safra 2012-2013 da agricultura familiar. Já a política de reforma agrária, novamente não está entre as prioridades do Governo Dilma.
Os ministros do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, recepcionaram a diretoria da CONTAG e os presidentes e secretários das 27 Federações de Trabalhadores na Agricultura (FETAGs), e dirigentes da CUT e CTB, e deram início à audiência sem a presença da presidenta Dilma, que compareceu já no final do encontro.
O ministro Pepe anunciou medidas e números destinados às demandas de agrícola e agrária. Para obtenção de terras, foi criado um cronograma para a liberação de R$ 706,5 milhões. Deste total, já foram liberados R$ 244 milhões, sendo R$ 200 milhões para Título da Dívida Agrária (TDA) e R$ 44 milhões para benfeitorias. Sobre a habitação rural, haverá mudança no crédito de instalação para que essa política saia dessa linha e entre no Minha Casa Minha Vida, que tem subsídio bem superior. Para a assistência técnica, serão destinados R$ 300 milhões para ATER e ATES a partir de descontingenciamento.
Pepe adianta à comissão da CONTAG alguns números do Plano-Safra da Agricultura Familiar, que ainda será lançado em junho. Foi anunciada a ampliação de R$ 16 bilhões para R$ 18 bilhões para custeio e investimento. O governo ampliou o teto para o crédito de custeio de R$ 50 mil para R$ 80 mil. Já no Pronaf Semiárido, o limite passará de R$ 12 mil para R$ 18 mil.
O MDA pretende criar três grupos de trabalho (GTs) com a participação da CONTAG para definir uma metodologia no âmbito do Programa de Garantia de Preços Mínimos (PGPM); discutir a tributação que envolve a agricultura familiar; e aperfeiçoar o Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). “Além dos R$ 18 bilhões, fizemos outras quantificações para a agricultura familiar, como R$ 411 milhões para o Garantia-Safra e R$ 1,1 bilhão para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), por exemplo. Está estimado um montante de R$ 22,2 bilhões para a agricultura familiar”, anuncia Pepe.
Mais respostas – O ministro Gilberto Carvalho informou os outros pontos já definidos pelo governo. Quanto às demandas encaminhadas ao Ministério do Trabalho e Emprego, foi assegurado que a CONTAG poderá acompanhar todos os processos de pedido de registro sindical e que serão tomadas algumas iniciativas para impedir a concessão do mesmo às entidades que não cumprirem os requisitos exigidos. Atendendo à pauta dos assalariados e assalariadas rurais, será assinada nesta quinta-feira (31 de maio) uma portaria interministerial que criará um GT para construir a Política Nacional dos Assalariados e Assalariadas Rurais.
Também será publicada outra portaria sobre a adesão do Brasil à campanha do Ano Internacional da Agricultura Familiar. Na política de saúde, foi anunciada a construção de mais de 1.000 Unidades de Pesquisa em Saúde (UPS) em cidades com mais de 40% de população rural. “Estamos vendo a possibilidade de contratar médicos estrangeiros para ajudar a suprir a demanda nacional”, revela Carvalho. Quanto à pauta da educação, o governo iniciará um diálogo com a CONTAG para colocar o Pronacampo em prática. No âmbito do meio ambiente, foi anunciada a ampliação do Bolsa-Verde para R$ 44 milhões, o que atenderá a 50 mil famílias.
Avaliação – O presidente da CONTAG, Alberto Broch, disse que a expectativa dos trabalhadores e das trabalhadoras rurais em receber respostas concretas à pauta do GTB é muito grande. No entanto, o dirigente assume que ainda é cedo para fazer uma avaliação das respostas apresentadas pelo governo. “Algumas medidas e números anunciados são importantes e significativos. Mas, as respostas para a política de reforma agrária estão muito tímidas. Afinal, temos milhares de famílias aguardando o seu pedaço de terra”, destaca Broch. O sindicalista completa que também faltou uma resposta sobre a regularização fundiária, o licenciamento ambiental, a atualização dos índices de produtividade rural e as dívidas dos beneficiários do PNCF. “Reconhecemos avanços importantes, mas não podemos dizer que tudo foi respondido. A nossa luta continua”, avalia o presidente da CONTAG.
Já no final da audiência, a presidenta Dilma chegou para anunciar que os R$ 18 bilhões para o Plano-Safra poderão ser incrementados caso haja necessidade. Sobre desapropriações para a reforma agrária, ela informou que não serão autorizados projetos que ultrapassem R$ 120 mil por família. “Nesse ano, a minha prioridade será a assistência técnica. Essa será a minha obsessão”, revela a presidenta.

Foto: Soraya Brandão (SRA/MDA)

Pra Inicio de Conversa: 31/05/2012

01-. Pague o Taxi ?


Dois males- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 19:10


Henrique Alves distribui nota assegurando que não negociou cargos no TRE

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 19:59

Nota à imprensa:
Não sei se atribuo à má fé, ou à desinformação, a absurda notícia de que negociei cargos no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte. Até porque nunca tratei ou sequer pensei em interferir em nomeações na gestão de qualquer magistrado da referida Corte. Minha relação com as autoridades do Judiciário sempre foi amistosa e orientada pelo respeito, não estreita.
Assim, diante de propositado equívoco constante de um anonimato, repilo as cômicas insinuações, se não fossem trágicas à honra alheia.
Henrique Eduardo Alves
Deputado Federal PMDB/RN

Calcinha encontrada no plenário da Câmara é incinerada

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 22:40

Uma calcinha achada há duas semanas no plenário da Câmara dos Deputados foi incinerada, segundo disse um segurança da Casa. O mistério ronda a Câmara e preocupa um deputado saliente.
Por volta das 17h, há cerca de 15 dias, no horário da Ordem do Dia, esse deputado chegou correndo para votar, e na entrada principal do plenário, próxima à Mesa, mexeu nos bolsos e sem ver, deixou cair a prova do crime: uma calcinha – mais para calçola – azul e vermelha, com babadinhos nas laterais.
Sem saber que deixara para trás o fetiche, o parlamentar foi para o meio do plenário. Um dos seguranças, vendo a calcinha estendida na entrada do plenário, sem despertar a atenção dos parlamentares, assessores e jornalistas que se amontoam na entrada, deu um chutinho discreto, empurrando a lingerie para o lado da lixeira.
Avisado pelos seguranças, um assessor do presidente Marco Maia (PT-RS) recolheu a calcinha e a escondeu no bolso. A partir daí, a peça íntima foi examinada por assessores, jornalistas e seguranças à exaustão. A única conclusão: a peça foi usada antes e não pertence a uma sílfide.
Sem saber o que fazer com o achado, a calcinha foi recolhida “aos achados e perdidos” da Segurança da Câmara e, depois, queimada. Até agora não foi reclamada por nenhum parlamentar.
O Globo

Deixe as Festividades pra lar

Aqui tinha alguma coisa planejada e se tinha foi cancelada e não foi cancelada deve cancelar. Esta certo de fazer isso, não pega bem fazer festa se o Município tem dificuldades financeira e varias pessoas com fome.  
Veja abaixo as prefeituras que cancelaram suas festividades:
1. Coronel João pessoa

2.Francisco Dantas
3. Frutuoso Gomes
4. Itaú
5. Martins
6. Messias Targino
7.Paraná
8. Pilões
9. Portalegre
10. Riacho da Cruz
11. Rodolfo Fernandes
12. Severiano Melo
13. Venha ver
Governo deixa de repassar R$ 70 milhões para a saúde

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 04:38


Cálculos do Ministério Público Estadual (MPE) e do colegiado da saúde revelam que aproximadamente R$ 70 milhões deixaram de ser repassados este ano pelo governo do estado à saúde pública. A promotora da saúde Iara Pinheiro (foto) diz que, tendo por base o orçamento anual aprovado pela Assembleia Legislativa para a saúde pública potiguar e dividindo o valor por doze meses, o repasse mensal deveria ser de R$ 22 milhões, o que não vem ocorrendo na prática.
Foi constatado pelas entidades que compõem o Fórum da Saúde Pública que nos meses de janeiro e fevereiro não houve repasse ao orçamento de custeio e a somatória dos meses de março, abril e maio deste ano é de apenas R$ 12 milhões mensais, em média, muito aquém do que deveria ocorrer.
A fim de buscar esclarecimentos sobre a gestão orçamentária da saúde pelo governo, o Fórum se reuniu com representantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para solicitar que a Corte passe a atuar na questão. A ação pode ocasionar em um Termo de Ajustamento de Gestão a ser realizado entre o Ministério Público de Contas (MPC) e o governo para correção das eventuais irregularidades que forem comprovadas pelo TCE.
Do Diário de Natal
Dilma bate duro no Estadão: ”Informações falsas”

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 08:26


A presidenta Dilma Rousseff desmentiu informação do jornal O Estado de S.Paulo de que ela vê crise institucional na briga entre o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Dilma nega ter tratado do assunto em encontro com o presidente do STF, Ayres Britto, na última terça-feira.“A Presidência da República informa que são no todo falsas as informações contidas na reportagem que, em uma de suas edições, apareceu com o título ‘Para Dilma, há risco de crise institucional’’.
Leia a íntegra da nota
A Presidência da República informa que são no todo falsas as informações contidas na reportagem que, em uma de suas edições, apareceu com o título ‘Para Dilma, há risco de crise institucional’, publicada hoje no diário O Estado de S. Paulo. Em especial, a audiência de ontem da presidenta Dilma Rousseff com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ayres Britto, tratou do convite ao presidente do STF para participar da Rio+20 e de assuntos administrativos dos dois poderes. Reiteramos que o conjunto da matéria e, em especial, os comentários atribuídos à presidenta da República citados na reportagem são inteiramente falsos.
Contrariando a prática do bom jornalismo, o Estadão não procurou a Secretaria de Imprensa da Presidência para confirmar as informações inverídicas publicadas na edição de hoje. Procurada a respeito da audiência, a Secretaria de Imprensa da Presidência informou ao jornal Estado de S. Paulo e à toda a imprensa que, no encontro, foram tratados temas administrativos e o convite à Rio+20.
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República”
 
Polícia faz operação para combater pistolagem em cidades do oeste potiguar

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 09:13
A Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe), sob o comando do delegado Odilon Teodósio dos Santos Filho, realiza na manhã desta quinta-feira (31) uma operação nas cidades Assu e Guamaré, no interior no Estado.
Denominada “Operação Mal-assombro”, a operação tem o intuito de combater a prática de pistolagem na região. Vinte e um mandados de apreensão e dois de prisão estão sendo cumpridos pela polícia.
Se Dirceu falar, os 38 réus do mensalão passam a ser 39

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 08:09

Comenta-se nos bastidores da política que em meio auma conversa, (na casa de Jobim) o Lula teria dito que José Dirceu está “desesperado” com a possibilidade de ser condenado e até de parar na cadeia.
Em pleno desespero, quem garante que o ex-chefe da Casa Civil não venha a aprofundar a afirmação feita às vésperas de sua cassação, sobre nada do que fez ter sido feito sem o conhecimento do então presidente? Aqui mora o perigo, se Lula estava ciente do que se passava no palácio do Planalto e se o mensalão era mesmo mensalão, nunca uma simples coleta de dinheiro para saldar dívidas com o caixa dois.
Se no auge da emoção, às vésperas de ser condenado, Dirceu abrir o jogo e envolver o Lula, os 38 réus passarão a ser 39.

postheadericonCasal morre em um grave acidente envolvendo carro e moto na BR 405


Casal de namorados morre na BR 405, na altura de KM 193, Sítio Baixio zona rural de Luís Gomes/RN,Charles Carlos e Walclenes eram residentes na localidade onde ocorreu o sinistro, a PM de Luís Gomes e PRF e ITEP/RN já estiveram no local, confira algumas imagens clicando AQUI e amanhã postamos como ocorreu o trágico acidente

quarta-feira, maio 30, 2012

Pra Inicio de Conversa: 30/05/2012

01-. Vendo a quantia de Gaita depositada na Conta da Prefeitura hoje 30/05/2012, foi razoável, deve dar para pagar os Servidores Efetivos, Educação e Saúde, não pode falta esta Grana no final do mês na conta dos Trabalhadores e a senhora Prefeita tem se mantido fiel pelo menos neste ponto. Valeu  
02-. O que danado motiva tanto as pessoas queimar dinheiro com fogos de artifício e aqui na Quebrada Velha de Guerra é terrível contra os insetos. Tem cada uma     
03-. Ola rapaziada, cuidado com os estelionatários e não abra a porta de sua casa  para pessoas estranhas que chegarem dizendo-se representa uma Empresa ou Banco, pode da TIM ou quem quer que seja não der seus documentos ou Numero de Beneficio e se insistirem chame a Policia Urgente. Fica o alerta   
04-. Tem muito asteroide por ai Moçada, as informações são de que tem muitos, isso vai dar um Rolo.
05-. A Quebrada Esta Tranquila sem alterações na área de segurança, o Comandante e os Policiais estão ai de vigília na Cidade e nas Bibocas, quem ver algum Lobisomem chame a Policia. Fica o recado

06-. Na Saúde como sempre o feijão com arroz do SUS,  sobre o SUS, as coisas podem ficar mais difíceis nesta Quebrada. Tomara que não, Deus nos livre, se acontecer vai ficar assim.    
   
07-. O Cidadão tem o direito de Votar em quem bem entender ou que ele ache que o Cabra representa mesmo os Munícipes, ninguém tem o direito de Coagir ninguém, alis, é um dos piores crimes não só Eleitoral como é crime contra a dignidade da pessoa Humana, boatos de calçada dão conta que isto esta acontecendo aqui na Quebrada Velha de Guerra, espero que seja só um Boato e mesmo assim já é nojento. Fica o nosso repudio pra quem pensa assim.    


Vou indo e volto amanha se Deus permitir


A família esta de olho e ouvidos abertos Zé
Procura-se dono de uma calcinha encontrada no plenário da Câmara dos Deputados- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 17:06
O Globo – Há duas semanas um mistério ronda a segurança da Câmara dos Deputados e preocupa um deputado saliente. Por volta das 17h, no horário da Ordem do Dia, esse deputado chegou correndo para votar, e na entrada principal do plenário, próxima à Mesa, mexeu nos bolsos e sem ver, deixou cair a prova do crime: uma calcinha – mais para calçola – azul e vermelha, com babadinhos nas laterais.
Sem saber que deixara para trás o fetiche, o parlamentar foi para o meio do plenário. Um dos seguranças, vendo a calcinha estendida na entrada do plenário, sem despertar a atenção dos parlamentares, assessores e jornalistas que se amontoam na entrada, deu um chutinho discreto, empurrando a lingerie para o lado da lixeira. Sem saber o que fazer com o achado, a calcinha foi recolhida aos achados e perdidos da Segurança da Câmara. Até agora não foi reclamada por nenhum parlamentar.

Distribuição de calendário e adesivo leva MP Eleitoral a representar por propaganda antecipada

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 15:59

O Ministério Público Eleitoral está montando uma verdadeira frente contra propaganda eleitoral antecipada. Adesivos e distribuição de calendário representa propaganda ilegal. Esse é o entendimento do MPE.
Hoje a Promotoria Eleitoral ajuizou representação por propaganda eleitoral antecipada contra a pretensa candidata a vereadora Sônia Isidoro Palmeira, conhecida como “Sônia do Nova Natal”. De acordo com a representação, ela vem fazendo propaganda eleitoral antecipada ao distribuir adesivos “A favor das mulheres – @Sônia_donova natal” e calendários contendo foto, seu nome e a mensagem “O futuro é de quem acredita que o melhor ainda está por vir”.
Por Anna Ruth
Contag denuncia ameaças de morte a 347 trabalhadores rurais
Pedro PeduzziRepórter da Agência Brasil
Brasília - Em meio aos discursos dirigidos aos cerca de 8 mil trabalhadores rurais e agricultores que participam do Grito da Terra Brasil 2012, na Esplanada dos Ministérios, as lideranças da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) apresentaram hoje (30) uma lista de 347 pessoas ameaçadas de morte por causa dos conflitos agrários.
“Registramos, ainda, 29 assassinatos e 38 tentativas de assassinatos nos últimos dois anos”, acrescentou o secretário de Política Agrária da Contag, William Clementino. Boa parte da violência é praticada por pessoas ligadas a grupos estrangeiros financiados por grandes indústrias do setor alimentício, garantiu à Agência Brasil a vice-presidenta da Contag, Alessandra Lunas.
“Somos contra a estrangeirização das terras brasileiras pelos grandes grupos de empresas que atuam no setor de alimentação. Todos sabem que a corrida desenfreada desses grupos se deve à previsão de grande demanda por alimentos no futuro”, disse Alessandra. “Isso colocará em risco a segurança alimentar do nosso país”, acrescentou.
Segundo a vice-presidente da Contag, há “várias situações de laranjas que se dizem proprietários de terras, mas que estão a serviço desses grupos estrangeiros”.
“Tem trabalhador que chega a trabalhar dez horas por dia, ganhando menos de um salário mínimo”, denunciou à Agência Brasil uma agricultora cearense* de 53 anos. “Por isso é necessário lutarmos pela melhoria salarial do homem do campo e pela redução da carga horária de trabalho para seis horas diárias”.
Alessandra Lunas explica que essas questões estão “todas interligadas”, e que “há várias situações de grupos estrangeiros despejando famílias e promovendo violência e trabalho escravo no campo”.
 * A Agência Brasil não publicou o nome para evitar retaliações à agricultora // Edição: Lílian Beraldo
GARANHUNS/PE: INSS e AGU lançam cordel educativo
“Previdência em Cordel” quebra mitos e aproxima o agricultor dos seus direitos
 
De Recife (PE) - O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e a Advocacia Geral da União (AGU) lançaram nesta quarta (30 ), em Garanhuns, o projeto “Previdência em Cordel”, executado pela Superintendência Regional do INSS Nordeste e pela Procuradoria Regional do INSS em Recife. Intitulado “A conversa de Zé Caboclo com Mané Bento”, o cordel priorizou as informações necessárias para a obtenção do benefícios, enfatizando os requisitos que correspondem à realidade da região Nordeste. O conteúdo aborda de maneira clara e direta temas como a idade miníma de aposentadoria, tempo de trabalho, documentos necessários para requerer os benefícios, entre outras dúvidas clássicas do trabalhador rural.

Inicialmente, a ideia era produzir uma cartilha que se aproximasse da linguagem do trabalhador rural, para romper mitos que ainda cercam a Previdência. Considerando o elevado grau de analfabetismo em municípios de até 50 mil habitantes da região Nordeste, a cartilha tomou forma de literatura de cordel, pois sua linguagem facilita a assimilação e memorização. O objetivo é combater a figura dos atravessadores, que têm dificultado o acesso dos agricultores aos benefícios previdenciários e assistenciais e interferem desde o agendamento até a organização das provas necessárias para o requerimento dos benefícios.

Os atravessadores chegam a cobrar porcentagens ou até mesmo a renda total do benefício dos segurados, quando não os induzem a cometer erros, gerando o indeferimento administrativo do benefício. Essa interferência traz prejuízo aos aposentados e pensionistas, que ficam reféns destas práticas ilegais. “Com a disseminação de informações previdenciárias, através do projeto “Previdência em Cordel”, espera-se a redução do número de ações judiciais existentes contra o INSS”, disse o superintendente João Maria Lopes. Na divulgação, a instituição terá o apoio da imprensa, do Ministério Público, entidades religiosas e instituições de ensino superior.

Informações para imprensa Denise Martins (81) 3424.2965 ACS/PE
COMBATE ÀS FRAUDES:
Força Tarefa Previdenciária desarticula quadrilha que fraudava aposentadorias

Operação está sendo realizada em Minas Gerais e no Rio de Janeiro 30/05/2012 - 12:00:00

Da Redação (Brasília) - Trabalho conjunto entre a Polícia Federal, a Previdência Social e o Ministério Público resultou na realização da Operação Pleno Emprego, na manhã desta quarta-feira (30), nas cidades de Caratinga (MG) e do Rio de Janeiro (RJ). Estão sendo realizadas seis buscas em residências, sendo quatro em Caratinga e duas no Rio, todas determinadas pela Justiça Federal.

O objetivo é desarticular uma organização crimosa que atua na fraude de benefícios previdenciários. Os fraudadores criaram falsos vínculos empregatícios com empresas inativas como forma de pleitear aposentadorias fraudulentas. Um dos investigados já é conhecido no meio policial por ter sido citado em vários inquéritos em andamento como sendo o responsável por diversas fraudes previdenciárias. Quatro pessoas estão sendo conduzidas à Delegacia para serem ouvidas.

Para os crimes investigados, de estelionato qualificado (artigo 171, § 3º), formação de quadrilha ou bando (artigo 288), falsidade ideológica (artigo 299) e uso de documento falso (artigo 304), todos do Código Penal Brasileiro, estão previstas penas que podem chegar a nove anos de reclusão.

 O nome da Operação (Pleno Emprego) é uma alusão à forma de agir dos fraudadores, que criam vínculos de trabalho inexistentes para lesar os cofres públicos. (Ascom/PF/MPS)
Henrique se cala diante de denúncia- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 12:04


Ninguém sabe, ninguém viu. Após a divulgação da suposta investigação de indicações do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB) para gabinetes do Tribunal Regional Eleitoral, prometendo, em troca, a indicação do desembargador João Rebouças para o STF, o peemedebista sumiu.
De acordo com reportagem publicada pelo Dário de Natal, a Procuradoria Geral da República está investigando a relação entre Henrique, Reouças e cargos no TRE. O deputado sumiu depois da denúncia. Não está sendo localizado por ninguém para comentar. Nem pelo Twitter, onde geralmente comenta suas posições, o parlamentar tocou no assunto.

Alterado por Cobra


Este é esperto nos trambiques, tudo que supostamente foi descoberto contra ele o mesmo usa como arma para se fazer de vitima e pode colar porque todos São Iguais em grau e gênero   

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento