expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

sábado, novembro 26, 2016

“Morte de comerciante caicoense foi patologia cardíaca”, afirma delegado


acari
Em meio a tantas informações contrariadas e inverídicas, inclusive com a condução coercitiva do dono da residência onde o Erivaldo Silva, proprietário/criador do Bar do Flamengo, fato este ocorrido na tarde dessa sexta feira, 25 de novembro, na cidade de Caicó, a Polícia Civil de Caicó, por meio do delegado plantonista para o dia, Dr. Leonardo Germano, resoolveu esclarecer o que realmente aconteceu em face à morte do caicoense.
SEGUE A NOTA 

A Polícia Civil, através do Dr. Leonardo Germano, delegado plantonista no dia de hoje, vem esclarecer fato ocorrido na cidade de Caicó. Nesta tarde, a Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência no Bairro Nova Caicó, cidade de Caicó, onde o senhor Erivaldo da Silva, mais conhecido como antigo proprietário do Bar do Flamengo, veio a óbito em circunstâncias até aquele momento não esclarecidas. De pronto, a autoridade policial passou a analisar o caso, tendo o cuidado de ouvir os policiais envolvidos na ocorrência e testemunhas, inclusive se deslocando ao Hospital Regional para completa análise do caso. No hospital foram ouvidos o médico que atendeu a ocorrência e familiares de Erivaldo, tendo ouvido destes que Erivaldo já sofria de patologia cardíaca, já tendo inclusive sofrido desmaios anteriormente. Pois bem, após tudo isto, chegou-se a conclusão que o caso foi uma fatalidade. Não houve agressão conforme veiculado em algumas redes sociais. O que ocorreu foi uma discussão verbal entre Erivaldo e o senhor Francisco Nogueira dos Santos, os quais são amigos. O motivo da discussão foi porque Francisco mandou Erivaldo para casa, diante de seu estado de embriaguez. Erivaldo saiu contrariado e, exasperado emocionalmente, teve um ataque cardíaco, não resistindo e vindo a óbito. O procedimento será formalmente concluído e encaminhado à Justiça como de praxe.
JS

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento