expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

sábado, novembro 26, 2016

Justiça transfere júri de Umarizal para Mossoró por falta de imparcialidade dos jurados


A Justiça do Rio Grande do Norte decidiu transferir o julgamento do acusado de homicídio Evandro Dias Alves de Paiva, conhecido como “Pedro Fontes”, por falta de imparcialidade do Conselho de Sentença. Ele seria julgado na Comarca de Umarizal, local onde matou o cobrador Arquitâneo Cortez Leite em 2008, mas acabou sendo transferido para a Comarca de Mossoró.

A transferência do júri foi solicitada pelo Ministério Público a pedido da família do cobrador morto. Havia suspeita de que os jurados, que compõem o Conselho de Justiça, estavam sendo parciais e beneficiando o réu. Diante da dúvida, o relator do pedido, desembargador Glauber Rêgo, definiu a transferência para a Comarca de Mossoró, em data ainda não definida.
O acusado Evandro Dias Alves foi julgado e inocentado por quatro votos a três, em maio de 2012, no Fórum de Umarizal. Naquela mesma época, a promotora que fez a acusação disse que iria recorrer da decisão. Segundo conta no processo, Arquitâneo Cortez foi assassinado sem possibilidade de defesa, em um bar, porque cobrou do réu uma dívida com um estabelecimento comercial. Evandro se evadiu após o crime e ficou dois anos foragido, se apresentando espontaneamente à polícia em outubro de 2010, na cidade Mossoró.
Mossoró Hoje

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento