expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

quarta-feira, junho 29, 2016

Juri se reúne para julgar servente que matou a vizinha em 2015

Foto: Cezar Alves

O Tribunal do Júri Popular se reúne nesta quinta-feira, com a presidência do juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, para julgar o servente Antônio Marcos Soares Nogueira, de 34 anos.
O servente foi denunciado por matar a dona de casa Mércia Freire de Mendonça Sousa, e tentar contra a vida de Paula Dayana Freire Mendonça, no dia 4 de outubro de 2015.
O crime aconteceu na Rua Augusto da Escócia, no período da madrugada. As testemunhas e vítima sobrevivente relataram como aconteceu o crime à Polícia Civil.

Segundo elas, Marquinhos estava atirando pedras no telhado da casa de Mércia Freire, que decidiu chamar Paula Dayana e uma prima para ir a um posto policial reclamar.
Quando já estava na rua, Mércia Freire e as duas amigas foram abordadas por Marquinhos, perguntando onde elas iriam. Após tomar ciência, matou Mércia com quatro tiros.
Ainda conforme as testemunhas e a vítima Dayana Freire, Marquinhos efetuou ainda dois tiros nela, que não acertou os tiros porque ela conseguiu se proteger antes.
Após matar Mércia e tentar contra a vida de Dayana, Marquinhos fugiu para a casa de familiares em Porto do Mangue, onde ficou escondido trabalhando de pescador.
Mércia Freire ainda foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. O caso foi esclarecido pela Delegacia de Homicídios de Mossoró e a Justiça decretou a prisão preventiva do suspeito.
Os policiais da Delegacia de Homicídios de Mossoró o localizaram em Porto do Mangue e o prenderam. Havia em sua residência um revólver calibre 38, possivelmente usado nos crimes.
Nesta quinta-feira, 30 de junho, Marquinhos será julgado pela sociedade. O julgamento deve começar às 8h, com o sorteio dos oito membros da sociedade, no Fórum Desembargador Silveira Martins.
O sorteio dos jurados é feito na presença do promotor de Justiça, no caso Armando Lúcio Ribeiro, e do advogado de defesa, que está inscrito José Galdino da Costa.
O julgamento deve terminar antes de meio-dia, com o anúncio da sentença do réu.
Mossoro Hoje 

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento