expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

quinta-feira, janeiro 19, 2017

Virgolino diz que governador desrespeitou sua secretaria ao retirar facção de Alcaçuz


O secretário de Justiça e Cidadania, Walber Virgolino, criticou a decisão do Governardor do Estado, Robinson Faria, de retirar os presos do Sindicato do Crime do RN (SDC) da Penitenciária Estadual de Alcaçuz na tarde de quarta-feira (18). A saída de membros da facção desencadeou um novo confronto entre o SDC e o Primeiro Comando da Capital (PCC) na manhã desta quinta-feira (19) no presídio.

Segundo Walber Virgolino, o governador desconsiderou as informações da Secretaria de Justiça e Cidadania e do grupo de inteligência quando negociou com o grupo paulista a retirada dos apenados filiados ao Sindicato do Crime. “Não foi levado em consideração o que o secretário de Justiça e a inteligência disseram. Sugeri que tirassem o PCC do presídio”, disse Virgolino em entrevista à revista Época.
O secretário defendia a saída do PCC da Penitenciária de Alcaçuz por dois motivos: a facção paulista ser minoria (500 presos contra 1 mil do SDC) e o fato do PCC ser mais influente dentro do presídio.
Na quarta-feira (18) o governador autorizou a retirada de 220 presos do Sindicato do Crime da Penitenciária de Alcaçuz, o que gerou uma onda de ataques da facção na cidade. Segundo reportagem do jornal O Globo, uma delegada foi autorizada a negociar com o PCC na tarde de ontem e a facção exigiu a retirada de membros do PCC do presídio.
A saída dos membros iniciou um novo embate na manhã desta quinta-feira (19) na penitenciária. Com pedras, barras de ferro e vigas de madeira, os detentos confrontaram mais uma vez, enquanto policiais tentavam evitar a confusão das guaritas.
Do Novo Jornal

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato usando a Liberdade de Expressão assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal.

Liberdade de expressão é o direito de todo e qualquer indivíduo de manifestar seu pensamento, opinião, atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sem censura, como assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal.

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento