expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

sábado, janeiro 21, 2017

14º Homicidio em Mossoró 2017: Pedreiro baleado durante invasão de criminosos a casa dele no bairro Barrocas morre no HRTM


As estatísticas da violência aumentaram na tarde deste sábado 21 de janeiro de 2017,em Mossoró a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte com registro de mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo. 

O pedreiro, Antônio Alves Marreiro de 44 anos baleado dentro de casa na madrugada do dia 16 deste mês na Rua Marechal Deodoro no bairro Barrocas, morreu na tarde deste sábado (21) no Hospital Tarcísio Maia onde estava internado.

Antônio Alves, teve sua casa invadida por criminosos, que mataram seu filho,Anderson da Rocha Alves "Erer" de 18 e ao tentar protegê-lo dos atiradores acabou sendo baleado juntamente com outro filho Ericson Alves Marreiro de 16 anos. (RELEMBRE O CASO).

O pedreiro e o filho menor foram socorridos pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia e depois de cinco dias internado, Antônio Alves não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no início da tarde de hoje naquela Unidade Hospitalar.

O corpo do pedreiro está no necrotério do hospital e aguarda  remoção para a sede do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para que a familia providencie o sepultamento.

Este foi o 14º (décimo quarto) homicídio registrado em Mossoró neste ano de 2017. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).



As imagens são do portal O Câmera/Findalinha

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Opine com responsabilidade sem usar o anonimato usando a Liberdade de Expressão assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal.

Liberdade de expressão é o direito de todo e qualquer indivíduo de manifestar seu pensamento, opinião, atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, sem censura, como assegurado pelo artigo 5º da Constituição Federal.

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento