expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

.

.

segunda-feira, novembro 07, 2016

Jovens veem ensino profissionalizante como meio de acesso ao primeiro emprego

Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil

Resultado de imagem para Jovens veem ensino profissionalizante como meio de acesso ao primeiro empregoPesquisa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) aponta que a maioria dos jovens brasileiros considera a educação profissionalizante uma importante via de acesso ao primeiro emprego. O estudo "Os Jovens, a Educação e o Ensino Médido", divulgado hoje, revela que 76% dos que frequentam, frequentaram ou pretendem fazer um curso técnico avaliam o diploma como vital para ingressar no mercado de trabalho mais rapidamente e 79% o consideram importante para seu futuro profissional com um todo.

Os dados foram obtidos a partir de entrevistas feitas com 2.002 jovens de 13 a 18 anos, entre os dias 8 e 18 de outubro. Do total de entrevistados, apenas 16,6% cursaram ou estão cursando o ensino técnico. Mas quase 51% dos que nunca frequentaram o ensino profissionalizante manifestaram o desejo de fazê-lo. Trinta e quatro por cento disseram não ter pretensão de se matricular em um curso técnico e pouco mais de 13% não souberam responder à pergunta.

Do total de entrevistados, 42% consideram boa a qualidade do ensino técnico oferecido no Brasil. Quase 8% a consideram ótima e 29%, regular. Quatro por cento dos entrevistados avaliam o ensino técnico como ruim (2,9%) ou péssimo (1,1%) e quase 16% dos jovens não souberam responder. Os cursos são mais bem avaliados nas regiões Sudeste, Norte e Centro-Oeste, onde mais da metade dos entrevistados os consideram bons ou ótimos.

Embora a ampla maioria não tenha apontado aspectos negativos, as críticas mais ouvidas pelos entrevistadores foram a curta duração dos cursos e a pouca oferta, seguida pela crença de que a carreira profissional seria pouco promissora e a formação ruim.


As críticas não encontram eco entre a parcela dos entrevistados que cursaram ou estão cursando o ensino técnico. Nesse público, que equivale a apenas os 16,6% dos jovens ouvidos, a ampla maioria disse estar bastante realizada com sua formação. Além disso, 48% deles pretendem fazer um segundo curso técnico.

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento