I CAPRIARTE

I CAPRIARTE

.

.

sexta-feira, julho 29, 2016

Polícia Civil prende grupo suspeito de assaltos, arrombamentos e homicídio em Apodi e Itaú

assaltos
Uma equipe de policiais civis de Apodi, com o apoio da 2ª Companhia de Polícia Militar, realizou uma operação nesta sexta-feira (29) e prendeu quatro suspeitos de envolvimentos em assaltos, arrombamentos e homicídio nos municípios de Apodi e Itaú, região Oeste do Rio Grande do Norte. Os homens foram presos em cumprimento de quatro mandados de prisão expedidos na cidade de Apodi, onde foi preso, dentre eles, Franscisco Cleido Freire, vulgo “Galego”, 41 anos, suspeito de ter assassinado Ismar Souza Oliveira, 33 anos, sendo este encontrado sem vida em uma estrada carroçável, na cidade, com uma perfuração na cabeça provocada por arma de fogo. O suspeito já tinha sido preso pela polícia pelo crime de homicídio.
Em Mossoró, policiais prenderam Moisés Morais de Góis, 20 anos, suspeito de, juntamente com um menor de idade, ter praticado vários arrombamentos em lojas de informática e celulares do centro comercial de Apodi, os quais geraram um prejuízo de R$ 20.000 reais. Na cidade de Itaú, policiais civis, juntamente com o Grupo Tátivo Operacional (GTO), prenderam Paulo Henrique da Silva, 19 anos, e Jeferson Luiz de Oliveira Lima, 22 anos, suspeitos de terem assaltado uma residência na cidade, onde subtraíram um televisor e cerca de R$ 10.000 reais. Ambos os homens foram reconhecidos por testemunhas.
robsonpiresxerife
Tragedia Filho mata pai em briga por cartão do bolsa família e é morto pelo irmão

Uma briga familiar acabou na morte de pai e filho no município de Condeúba, no sudoeste da Bahia, no início da noite de terça-feira (26). De acordo com o delegado Arilano Botelho, que investiga o caso, Josimar de Sousa Santos matou o pai com uma facada e foi atingido a paulada pelo irmão, que é menor de idade e tentou defender o pai. Ambos os agredidos foram socorridos para unidades médicas da região, mas não resistiram aos ferimentos.

Com base em apurações preliminares, Botelho afirma que a tragédia ocorreu após uma discussão relacionada a um cartão do programa Bolsa Família.

"Em princípio, colhidas as primeiras informações, Josimar teria furtado o cartão de Bolsa Família [da casa]", detalhou. Irritado após questionamento, ele atingiu o pai com uma facada. Geraldo Moura dos Santos foi encaminhado para um hospital do município, mas já chegou ao local sem vida.

Durante a confusão, Botelho detalha que o agressor foi atingido a paulada pelo irmão, que tentou defender o pai. Gravemente ferido, Josimar foi encaminhado para um hospital do município de Vitória da Conquista, a cerca de 160 quilômetros de Condeúba, onde também faleceu. O delegado acrescenta que ele apresentava indícios de problemas psicológicos.

A tragédia familiar chocou os moradores de Condeúba, município com cerca de cerca de 18 mil habitantes. Por conta da comoção, Botelho afirma que os familiares ainda não foram ouvidos no depoimento. Sobre o adolescente, que matou o irmão ao tentar defender o pai, o delegado destaca que não há indiciamento criminal previsto até o momento. "Vamos ouvir a família para identificar a trajetória criminal dele. Ele pode ter um excludente de ilicitude [quando provas justificam legítima defesa, por exemplo]", alerta.


Fonte: G1
Portaria que restringe acesso de advogados a presos é suspensa

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse hoje (29) que suspendeu a portaria que restringia o acesso de advogados a presos em presídios federais de segurança máxima. De acordo com o ministro, a norma editada antes dele assumir a pasta é inconstitucional. Há dois dias, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pediu a revogação da portaria.

Assinada pela então diretora do Sistema Penitenciário Federal, Valquíria Souza Teixeira de Andrade, a Portaria 4/2016 ficou conhecida após reclamação de advogados dos suspeitos presos na Operação Hashtag, que investigava a atuação de grupos extremistas no Brasil. Eles não conseguiram acesso aos clientes em um presídio federal em Mato Grosso do Sul.

O ministro disse que, no domingo, quando soube da portaria, determinou que o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) liberasse o acesso dos advogados e determinou que a norma fosse reavaliada ainda esta semana. Hoje, ela foi suspensa. “A partir disso, fizemos esse levantamento e, pela sua total inconstitucionalidade, eu suspendi essa portaria, não revoguei porque não fui eu que editei, só posso suspender. Essa portaria não existe mais porque é inconstitucional, não se pode restringir o acesso do advogado ao seu cliente”, justificou durante evento no Rio.

A Portaria 4/2016 previa que presos nas quatro penitenciárias federais de segurança máxima só poderiam ter contato com advogados uma vez por semana, desde que os defensores já tivessem sido constituídos nos casos, nas segundas, terças ou sextas-feiras, apenas por uma hora, desde que agendados. Pela norma, os advogados também ficavam proibidos de passar informações aos presos que não tivessem “interesse jurídico-processual do preso”, de nenhuma forma, “inclusive [por] mímica”.

A OAB alegou que a medida cerceava o exercício da profissão e violava o Estatuto da Advocacia, previstos em lei federal, garantindo ao advogado o direito de falar com o preso.

O ministro anunciou a suspensão da norma após inspeção nas dependências do Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Lá, ele monitorou ações de segurança no desembarque internacional e anunciou que a identidade de todos os estrangeiros serão verificadas duas vezes. Por meio dessa checagem, será possível identificar criminosos internacionais.

Na última quarta-feira, uma pessoa do Catar, vinda da Inglaterra, acabou detida em São Paulo por estar em uma lista da Interpol, a organização internacional de polícia criminal. Havia contra o detido um mandado de prisão expedido pela polícia britânica, por estelionato.


As próximas inspeções do ministro serão nos aeroportos de Manaus e em Belo Horizonte.
Lula, Delcídio e mais cinco se tornam réus por tentar obstruir a Lava Jato


A Justiça Federal aceitou hoje (29) denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio do Amaral, e mais cinco acusados pelo crime de obstrução das investigações da Operação Lava Jato.

Com a decisão, Lula e Delcídio passam à condição de réus na ação penal, além do ex-controlador do Banco BTG André Esteves, Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete de Delcídio; o empresário José Carlos Bumlai e o filho dele, Maurício Bumlai, e o advogado Edson Ribeiro.

Todos os envolvidos são acusados de tentar impedir o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró de assinar acordo de delação premiada com a força-tarefa de investigadores da Operação Lava Jato.

Na semana passada, o MPF reiterou a denúncia contra os acusados, que já haviam sido denunciados ao Supremo Tribunal Federal (STF), pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.


No entanto, no dia 24 de junho, o ministro Teori Zavascki remeteu o processo para a Justiça Federal em Brasília, por entender que a suposta tentativa de embaraçar as investigações ocorreu na capital federal. Além disso, com a cassação do mandato de  Delcídio do Amaral, nenhum dos envolvidos permaneceu com foro privilegiado na Corte.
Assú: "Vítimas do sequestro liberadas", informa o delegado Marcelo Aranha


A agência do Banco do Brasil do município de Assu foi alvo de uma tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira (29). Uma quadrilha bem articulada sequestrou os familiares dos servidores do Banco como forma de conseguir acesso ao cofre. Porém, a polícia agiu rápido e conseguiu frustrar.

Os bandidos fugiram levando os reféns. Por volta de meio dia, o delegado Marcelo Aranha informou: "Vítimas do sequestro liberadas".

Em off, o MOSSORÓ HOJE teve acesso aos relatos dos servidores do Banco do Brasil. Eles disseram que a quadrilha tomou como refém a família do tesoureiro logo cedo e o banco não abriu as portas, levantando suspeitas do que algo estava acontecendo errado. A Polícia teria sido acionada.

O delegado Marcelo Aranha e o comandante da PM, coronel Assis Santos, com a devida cautela, começaram a trabalhar no caso. A quadrilha teria percebido a ação policial e fugido da cidade com os reféns. As vítimas foram localizadas na RN 233, que dá acesso da BR 304 ao município de Paraú.

"Todos estão bem", diz o delegado Emerson Valente, da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor). Valente destacou o trabalho das polícias Militar e Civil, que foi rápido e com eficiência. Ele confirmou que a quadrilha invadiu a casa do tesoureiro de 5 horas da manhã e ficou com a mulher e duas crianças do tesoureiro.

Os policiais do Deicor vão conduzir as investigações para localizar e prender os autores do sequestro e da tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Assu.


Internautas divulgam video da movimentação policial em frente ao Agência do Banco do Brasil, de Assu.

mossorohoje
Taxa de desemprego sobe para 11,3% no segundo trimestre e é a maior desde 2012

Trabalhador perde 4,2% do poder de compra em um ano, diz IBGE


A taxa de desemprego no país ficou em 11,3% no trimestre encerrado em junho deste ano. A taxa é superior aos 10,9% observados em março deste ano e aos 8,3% do trimestre encerrado em junho de 2015. Os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua foram divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado do segundo trimestre deste ano é o mais alto da série histórica, iniciada em março de 2012. Segundo a pesquisa, o contingente de desocupados chegou a 11,6 milhões de pessoas, 4,5% (ou 497 mil pessoas) a mais do que o trimestre encerrado em março e 38,7% (ou 3,2 milhões de pessoas) a mais do que no trimestre encerrado em junho de 2015.


A população empregada (90,8 milhões de pessoas) manteve-se estável em relação a março de 2016. Já em relação a junho de 2015, houve um recuo de 1,5%, ou seja, menos 1,4 milhão de pessoas. Já os empregos com carteira assinada no setor privado (34,4 milhões) ficou estável em relação a março deste ano e caiu 4,1% na comparação com junho do ano passado.
Agricultor é preso por assassinato em Apodi, mas nega envolvimento

Foto: Josemário Alves / MH

Policiais militares e civis de Apodi prenderam o agricultor Francisco Cleido Freire, de 41 anos, por suspeita de homicídio na cidade. A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (28) por força de um mandado expedido pela Justiça.

Segundo a polícia, ele é apontado como autor do assassinato de Ismar Souza Oliveira, de 34 anos, no dia 04 de julho. Na época, a vítima foi encontrada com marcas de tiros na cabeça às margens do rio Apodi-Mossoró, próximo ao bairro Bico Torto.

Na delegacia, o suspeito negou o crime. Ele contou que não tinha conhecimento com Ismar Souza e, por isso, não tinha motivos para praticar o crime.

Entretanto, Francisco Cleido ficou detido no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi, onde aguarda decisão da Justiça.


De acordo com o agente José Luís, chefe de investigação da Polícia Civil do município, o agricultor já respondeu a um crime de homicídio praticado no ano de 1998.

Mossoro Hoje 
Temer sanciona reajuste de salário de servidores da Câmara

Servidores da Câmara dos Deputados passam a receber a partir de hoje (29) o reajuste salarial aprovado no início de junho pela própria Casa. A lei que reajusta a remuneração foi sancionada pelo presidente em exercício, Michel Temer, e publicada na edição desta sexta-feira do Diário Oficial da União.

De acordo com o texto, o reajuste, que alcançará 20,25% do salário de forma escalonada, em quatro anos, começa com 5,5%, calculado a partir de 1º de janeiro de 2016. Em janeiro do próximo ano, serão aplicados mais 5% sobre as remunerações vigentes em 31 de dezembro deste ano. A partir de 1º de janeiro de 2018, haverá novo aumento de 4,8% sobre as remunerações vigentes em dezembro de 2017. No ano seguinte, outros 4,5% sobre as remunerações do último mês de 2018.

O aumento do salário destes servidores estava em um pacote de projetos de lei que previam reajustes para 16 categorias. Depois de negociações, líderes da Câmara fecharam um acordo que possibilitou, além do reajuste da Casa, o incremento de 20% dos salários de servidores do Senado, de diversas categorias do Executivo e reajuste de 20% para o magistério federal e carreiras ligadas à área de educação, como do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).


O acerto também garantiu, no mesmo dia (1º de junho), a aprovação do aumento para servidores do Judiciário - 41% de forma escalonada, em oito parcelas – e dos subsídios pagos aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) – que passa de R$ 33.763,00 para R$ 39.293,38 - e do procurador-geral da República (PGR) - de R$ 33.763,00 para R$ 36.813,88 em junho deste ano 2016 e R$ 39.293,38 em janeiro de 2017.
Polícia Civil prende suspeito de assaltar alojamento de empresa eólica

Uma equipe de policiais civis de São Bento do Norte, com o apoio da Polícia Militar, prendeu, na tarde desta quinta-feira (28), José Gabriel da Silva Neto, conhecido como “Biel”, 20 anos, suspeito de participar de um assalto em um alojamento de uma empresa eólica, onde estaria acompanhado de mais quatro comparsas.

Ele foi preso em cumprimento de mandado de prisão, sendo suspeito também de tentar assumir o comando do tráfico de drogas na região, uma vez que seus antigos comandantes foram presos pela polícia civil da cidade. “Temos realizado um minucioso trabalho de desmonte dos crimes relacionados ao tráfico de drogas na região. O ‘Biel’ estava tentando assumir o lugar do seu irmão, que foi preso recentemente por nós”, complementou o delegado de polícia da cidade de Caiçara do Norte, Jaime Groff. José Gabriel foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará a disposição da justiça.

focoelho
Casal fica ferido em acidente de trânsito na RN-016 próximo ao restaurante Dida.Tom em Assú



Um acidente foi registrado no início da tarde de quinta-feira 28 de Julho de 2016, na RN-016, nas proximidades do restaurante Dida.tom em Assú.


 Segundo informações, um casal abordo de uma motocicleta foram vítimas do acidente.Mulher ainda sem identificação teve fratura em uma das pernas e recebeu os primeiros atendimentos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU, que esteve no local. O homem identificado como "Chico" teve algumas lesões pelo corpo e passa bem.

(Fotos Whatsap/informaçõesJalissonFerreira).
Em Auschwitz, papa pede perdão por “tanta crueldade”

Papa durante visita ao campo de concentração de Auschwitz, na Polônia

O papa Francisco realizou hoje (29) uma das visitas mais esperadas de sua viagem à Polônia: a ida aos campos de concentração nazista de Auschwitz e Birkenau, símbolos de horror da Segunda Guerra Mundial e palco da morte de milhões de judeus.

Em espanhol, o líder católico escreveu uma mensagem no "Livro de Honra" às vítimas. "Senhor, tende piedade do teu povo! Senhor, perdoa tanta crueldade", escreveu o Pontífice, de acordo com informações do Museu Memorial de Auschwitz.

A viagem, feita em grande parte a pé pelo sucessor de Bento XVI, foi realizada em silêncio. Francisco orou sozinho por diversas vezes e parou por alguns minutos perante ao Bloco 11 de Auschwitz, considerado o "Bloco da Morte" dos judeus presos pelos nazistas. No local, há também a cela do mártir franciscano Maximiliano Kolbe, que trocou sua vida para que os militares de Adolf Hitler poupassem uma família de judeus.

O Papa ainda encontrou um grupo de sobreviventes do Holocausto, em momento repleto de emoção, com troca de abraços e de algumas palavras. Um dos sobreviventes deu de presente para Jorge Mario Bergoglio uma pequena vela, que o argentino acendeu em frente ao chamado "muro do fuzilamento".

Assim que terminou a visita em Auschwitz, o papa foi ao campo de Birkenau, onde voltou a rezar em silêncio diante das lápides que lembram as vítimas do Holocausto de todas as nações.


Após a visita ao local, Bergoglio voltou para Cracóvia onde fará uma visita a um hospital pediátrico e depois celebrará a procissão da Via Crucis com os jovens da Jornada Mundial da Juventude. Francisco é o terceiro líder da Igreja Católica a visitar o local. Antes dele, o papa João Paulo II e Bento XVI fizeram viagens ao país como líderes da entidade.

agenciabrasil
PF desarticula esquema de tráfico de humanos no Amazonas

A Polícia Federal faz hoje (29) operação para desarticular uma organização criminosa que usava ilegalmente o próprio nome da PF. O grupo fazia anúncios para atrair jovens amazonenses a apresentações artísticas na Coreia do Sul, mas na verdade tinha como objetivo a exploração sexual dos interessados.

A empresa Brazil Amazon Show & Productions postava anúnicos em redes sociais para recrutar jovens dançarinos e dançarinas, com a promessa de pagar passagens aéreas, visto, alimentação, moradia e um salário de R$ 3 mil. A PF era apresentada como validadora dos contratos de trabalho.

A Operação Salve Jorge cumpre na manhã desta sexta-feira cinco mandados de condução coercitiva e cinco de busca e apreensão. As investigações apontaram cidadãos sul-coreanos


Agência Brasil

Trio suspeito de assaltos em cidades do Sertão da Paraíba é detido


Dois jovens de 24 e 23 anos e um adolescente de 17 anos foram detidos na quinta-feira (28) por serem suspeitos de praticarem vários assaltos no Sertão paraibano. De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, o trio agiu em pelo menos três cidades, e só foi capturado após um cerco ser feito na região.

O primeiro crime foi registrado no município de São Bento. Segundo a polícia, por volta das 10h da quinta-feira, uma mulher de 40 anos estava retirando o carro da garagem quando foi abordada. O trio rendeu a vítima ameaçando com uma arma, roubou o carro, um Ford Fiesta de cor vermelha, e fugiu.

Por volta das 15h, conforme a PM, eles invadiram uma casa lotérica da cidade de Itaporanga. Após tentarem roubar o dinheiro dos caixas e não conseguirem, já que o estabelecimento tem proteção blindada, o trio roubou clientes que estavam aguardando atendimento.

Logo em seguida, outro assalto foi registrado em Piancó. O dono de um mercadinho acionou a polícia após ter sido rendido por três jovens. A Polícia Militar fez um cerco nas cidades e conseguiu deter o trio em uma barreira montada nas proximidades de Coremas.

Os jovens foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil. Foram recuprados o carro roubado, a quantia de R$ 108, quatro celulares e um relógio. Dois revólveres calibre 38 e 32 e 10 munições foram apreendidos.


*G1 PB
Prefeito de Nova Olinda é achado morto em matagal

Ronaldo Sampaio, prefeito de Nova OlindaRonaldo Sampaio, prefeito de Nova OlindaO prefeito de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio, foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (27/07) em um matagal no limite com a cidade de Crato, no Sul do Ceará. De acordo com a Polícia Civil, o gestor foi achado enforcado em uma árvore na comunidade Sítio Zabelê.

Ronaldo Sampaio estava desaparecido desde a manhã desta quarta e o corpo foi encontrado por equipes de buscas dos bombeiros e polícias civil e militar. “Ele estava em um carro numa estrada com a secretária, parou o carro, disse à secretária que iria ao matagal e não retornou mais. Só foi localizado o corpo horas depois”, explica o policial militar Antônio Marcelo Alves.

A polícia afirma que ainda desconhece as causas da morte. Uma das hipóteses, segundo a Polícia Civil de Nova Olinda, é de que ele tenha cometido suicídio.

Afastamento e retorno
Ronaldo Sampaio havia sido afastado do cargo de prefeito durante a sessão do dia 20 de junho da Câmara Municipal de Nova Olinda. Ronaldo Sampaio já havia sido afastado do cargo por decisão judicial em 10 de maio por um prazo de 120 dias. O prefeito recorreu da decisão, e em 17 de junho, conseguiu retornar ao cargo por decisão monocrática da presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-CE), desembargadora Iracema do Vale.

Em 22 de julho, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar determinando a suspensão do afastamento de Ronaldo Sampaio.

De acordo com Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público do Ceará (MPCE), Sampaio contratou a namorada como funcionário “fantasma”. Além do prefeito, outras quatro pessoas são investigadas pela prática de improbidade administrativa.

A denúncia sobre a contratação de funcionários fantasmas foi feita pela ex-servidora do município Wildiane Bezerra. “Eu procurava nas folhas de pagamentos e ela [Viviane Chaves] não constava. Mas no portal da transparência já constava”, afirmou.


*G1 PB
Assalto a Correspondente Bancário no centro de Mossoró, acaba em tiroteio, suspeitos presos e um deles baleado


Túlio Matheus preso de justiça, trabalha durante o dia e retorna a noite para Penitenciária

Um assalto ocorrido no final da manhã desta quinta feira 28 de julho de 2016, a um Correspondente Bancário, na Avenida Alberto Maranhão no centro de Mossoró, terminou em tiroteio com suspeitos presos e um deles baleado.

Segundo informações dois indivíduos armadas de revolveres, chegaram no estabelecimento e anunciaram o assalto, onde levaram uma grande quantia em dinheiro.


Um popular que estava no local e presenciou a ação dos meliantes, reagiu e atirou contra os dois assaltantes que revidaram e trocaram tiros com o popular.

Um dos assaltantes foi baleado e os dois fugiram a pé em direção a Praça dos Esportes. Uma guanição da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU 12) da Guarda Civil, estava saindo de sua sede, na Rua Rui Barbosa quando se deparou com os suspeitos em fuga.

Houve perseguição e os dois acabaram presos pelos Guardas Civis. Os suspeitos foram identificados como, Alex das Malvinas, alvejado com três tiros na região toraxica e socorrido por uma Ambulância do Samu para o Hospital Tarcísio Maia em estado grave.

O outro assaltante é Túlio Matheus Carvalho Nóbrega, preso de Justiça, cumpre pena na Penitenciária Mário Negócio, mas está no serviço Externo. Trabalha durante o dia na cidade e a noite retorna para o presídio. Ele foi preso e encaminhado pela ROMU 12 à Delegacia de Furtos e Roubos.

A Guarda Civil, apreendeu dois revolveres que estavam em poder dos assaltantes e recuperou o dinheiro roubado do Correspondente Bancário.


Aléx das Malvinas, quando receber alto do Hospital, será encamainhado à Delegacia de Furtos e Roubos onde será autuado por assalto e encaminhado a Cadeia Pública.

fimdalinha

Justiça manda soltar trio preso com armas restritas e carro blindado em Mossoró

Foto: Cedida / Polícia Militar

A Justiça do Rio Grande do Norte determinou que os três jovens presos em Mossoró suspeitos de integrar uma quadrilha de assaltos a bancos fossem colocados em liberdade nesta quinta-feira (28). 

Eles estavam detidos na Cadeia Pública desde o último dia 20 de julho, quando foram presos com armas de uso restrito, munições, dinheiro e até carro blindado.

Rafael Robson de Souza Gomes e Thiago Henrique de Souza Silva tiveram o pedido de liberdade provisória feito pelo próprio Ministério Público, que também pediu à Justiça a prisão preventiva do terceiro suspeito, o Francisco Gildo Gonçalves da Silva Júnior.

Entretanto, o juiz Vagnos Kelly negou a manutenção da prisão do Francisco Gildo, por ele ser réu primário, e mandou soltar os três. Eles foram liberados no período da tarde.

O trio foi preso durante operação da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC), que investigava uma movimentação intensa na residência dos mesmos.

Acreditando ser um ponto de tráfico de drogas, os agentes fizeram buscas na casa e encontraram duas armas, grande quantidade de munição, inclusive de fuzil, dinheiro e uma lanterna de cabeça.

Também foram apreendidos na ação uma motocicleta e três veículos, sendo um blindado.

Na época, o delegado Denis Carvalho revelou ao MOSSORÓ HOJE que as investigações apontavam os suspeitos como membros de uma quadrilha interestadual.

“Eles não confessaram, mas nós temos ciência que este grupo atua também neste tipo de crime na Paraíba e no Ceará”, informou.

Todos os três presos já tinham passagem pela polícia por assalto e tráfico de drogas.

(Foto: Josemário Alves / MH)
Mossoro Hoje
Veículo da prefeitura de Umarizal foi furtado de dentro de oficina


O veículo tipo Fiat/Siena fire flex de cor prata, de placas NNY-9836-RN, de propriedade da prefeitura municipal de Umarizal foi furtado da oficina de Galego de Mocó na segunda-feira, 25/07.

A oficina fica localizada na Rua Desembargador Sinval Moreira Dias, numeral 100, e segundo o próprio mecânico o carro estava na oficina para consertar e após ele ter consertado o defeito apresentado no siena, ele deixou a chave na ignição e foi até a prefeitura para mandar buscar o veículo.

Segundo ainda o mecânico, ele sentiu falta do veículo na segunda-feira, e imediatamente comunicou o fato na prefeitura, e em seguida se dirigiu à delegacia de Polícia civil.

O veículo siena já se encontra com três guias do IPVA atrasados desde junho deste ano e também conta com seis multas de trânsito em aberto, sendo quatro delas do ano de 2013 e duas já do ano de 2016.

Tudo de estranho está acontecendo em Umarizal quando se aproxima o pleito eleitoral. A polícia Civil e o Ministério Público precisa ficar de olho nesses fatos, e em novos que viram, pois não será nada estranho se coisas mirabolantes acontecerem nos próximos dias.

Umarizal News

quinta-feira, julho 28, 2016

MEC cria comitê para discutir base curricular comum da educação básica


O Ministério da Educação (MEC) instituiu um comitê que vai discutir a Base Nacional Comum Curricular para a educação básica e a reforma do ensino médio. O colegiado vai acompanhar o processo de discussão da segunda versão preliminar do programa de conteúdos e saberes que servirão de base para os currículos das escolas públicas e privadas do país. A proposta final do documento será encaminhada ao Conselho Nacional de Educação. A portaria de criação do grupo foi publicada hoje (28) no Diário Oficial da União.

Até agosto, o comitê vai participar dos debates sobre o currículo base nos estados e no Distrito Federal.

O grupo também vai convidar especialistas sobre temas específicos e sugerir alternativas para a reforma do ensino médio, propondo definições, orientações e diretrizes para a elaboração e implementação do programa.

O comitê irá indicar especialistas para redigir o documento final e estabelecer orientações para a implantação gradativa das diretrizes pelas redes de ensino públicas e particulares. O texto seguirá para o Conselho Nacional de Educação e, depois, voltará ao MEC para ser homologado.

A secretária executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro, vai presidir o comitê. O secretário de Educação Básica, Rossieli Soares, atuará como secretário executivo. Também compõem o colegiado os titulares das Secretarias do MEC; Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi); de Educação Profissional e Tecnológica (Setec); de Educação Superior (Sesu); de Articulação dos Sistemas de Ensino (Sase), e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).


A Base Nacional Comum Curricular está prevista no Plano Nacional de Educação e definirá o conjunto de conhecimentos e habilidades que os alunos devem adquirir e desenvolver em cada etapa de ensino e em cada ano de escolaridade. O documento vai orientar sistemas e redes de ensino a desenvolverem os próprios currículos.Base Nacional Comum Curricular.


A intenção é que os conteúdos definidos na base ocupem cerca de 60% da carga horária dos estudantes da educação básica. No restante do tempo, as redes de ensino poderão definir o que ofertar – desde conteúdos regionais e atividades extras à formação técnica, por exemplo.

A previsão inicial era de que o documento fosse aprovado em junho deste ano. Em audiência na Câmara dos Deputados, o ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que as discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular não estão paradas e que o prazo foi estendido a pedido do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o que postergou o cronograma.

Ensino Médio

Segundo o Ministério da Educação, a portaria também prevê, para o ensino médio, a proposta de uma nova formatação, que terá como diretriz a diversificação da oferta a fim de possibilitar aos jovens diferentes percursos acadêmicos e profissionalizantes de formação.

Lula recorre à ONU e diz ser perseguido pelo juiz Sérgio Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou hoje (28) uma petição ao Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmando ser vítima de violação de direitos humanos em razão das ações da Operação Lava Jato.

Segundo a petição, Lula se diz perseguido pelo juiz Sergio Moro, responsável pela operação na primeira instância, a quem acusa de abuso de poder.

Rio de Janeiro - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa do lançamento da campanha Se é público é para todos, organizada pelo Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Para a defesa de Lula, a petição é uma resposta aos atos do juiz Sérgio MoroArquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil
A defesa de Lula reclamou o que considera “atos ilegais” praticados por Moro, entre eles a gravação e divulgação de conversas privadas dele com advogados e também com a presidenta afastada Dilma Rouseff, além da condução coercitiva para um depoimento no dia 4 de março.

A peça foi protocolada na sede do Comitê, em Genebra, na Suíça. Segundo a defesa, o documento é uma resposta aos atos de Moro, que “não podem ser satisfatoriamente corrigidos na legislação brasileira".

Conforme a petição, Lula pode sofrer violações de direitos humanos e abuso de poder por parte de Moro e dos procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Entre as possíveis violações, o documento lista “invasão de privacidade, prisão arbitrária, detenção antes do julgamento, presunção de culpa e incapacidade de afastar um juiz tendencioso”.

No documento, a defesa informou que Lula sempre se submeteu voluntariamente a pedidos de interrogatórios da polícia ou do Ministério Público e que não procura o Comitê Internacional com a pretensão de estar acima da Lei.

"Como um ex-presidente, ele não exerce qualquer função ou detém qualquer privilégio, e sempre auxiliou a polícia e os procuradores quando chamado a prestar esclarecimentos em inquéritos policiais ou outros procedimentos investigatórios", acrescentou o documento.

Parcialidade

Além da declaração de que os atos de Moro foram ilegais, os advogados também pedem a declaração de parcialidade do magistrado e que investigação seja conduzida por um “juiz imparcial”.

“Lula busca uma decisão nesse sentido pelo comitê, na esperança e expectativa de que seus pontos de vista sobre essas queixas não só irão fornecer alguma compensação pela violação de seus direitos, mas vão ajudar os futuros governos na elaboração de leis e procedimentos que possam aprimorar o combate à corrupção, enquanto protegem os direitos básicos dos suspeitos”, destacou a peça.

Na petição, a defesa informou que, em razão da conduta adotada por Moro, Lula teve violado seu direito de presunção de inocência, estando ainda suscetível a ser detido e preso a qualquer momento.

Juiz federal Sérgio Moro
Na petição, a defesa informou que, em razão da conduta de Moro, Lula teve violado o direito da presunção de inocênciaArquivo/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
“Esse juiz é conhecido por manter suspeitos da Operação Lava Jato presos por tempo indeterminado, em detenção, até que eles façam delação premiada. Eles não têm direito a habeas corpus ou acesso a um tribunal que decida pela sua soltura, a não ser um ‘tribunal’ composto pelo próprio juiz Moro. Embora o reclamante ainda não tenha sido preso, na qualidade de suspeito declarado ele está vulnerável.”

O documento citou as investigações em torno da suposta propriedade de Lula de um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo, e de um apartamento em Guarujá, no litoral paulista.

O ex-presidente nega as acusações e disse que apoia as investigações desde que sejam feitas de “maneira justa e transparente”.

“Ele [Lula] tem, repetida e enfaticamente, negado que tenha conhecimento, tampouco que tenha aprovado tais crimes ou recebido qualquer dinheiro ou favores como "propina" por ações ou decisões que ele tenha tomado quando presidente do Brasil, ou em qualquer outro momento”, concluiu a petição.

MPF diz ao Supremo que Delcídio do Amaral violou medidas cautelares

O Ministério Público Federal (MPF) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o ex-senador Delcídio do Amaral violou as medidas cautelares impostas a ele em troca de liberdade. Na petição, os procuradores afirmaram que Delcídio deixou de comparecer à Justiça quinzenalmente, conforme ficou decido no alvará de soltura.

Senador Delcídio do Amaral (Wilson Dias/Agência Brasil)
Senador Delcídio do AmaralWilson Dias/Agência Brasil
A medida também está no acordo de delação assinado pelo ex-parlamentar.

A informação foi enviada ao ministro Teori Zavascki, que concedeu liberdade ao ex-senador em fevereiro. Segundo o MPF, o descumprimento pode levar Delcídio de volta à prisão. A decisão cabe ao ministro.

Sem citar a manifestação do MPF, espontaneamente a defesa do ex-senador enviou hoje (28) um ofício ao ministro para afirmar que Delcídio do Amaral está em sua residência em Campo Grande (MS) e só retornará a Brasília no dia 9 de agosto.

Delcídio foi preso em novembro do ano passado e solto em fevereiro deste ano por determinção de Teori Zavascki. De acordo com a decisão, Delcídio deveria cumprir recolhimento domiciliar e comparecer à Justiça quando fosse convocado.

A prisão do senador foi embasada em uma gravação apresentada à Procuradoria-Geral da República por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Segundo a procuradoria, o senador ofereceu R$ 50 mil por mês para Cerveró e sua família, além de um plano de fuga.

Conforme os procuradores, o objetivo de Delcídio era evitar que o ex-diretor fizesse acordo de delação premiada. Os fatos ocorreram em uma reunião da qual participaram Bernardo Cerveró, o ex-advogado de Cerveró, Edson Ribeiro, e o então senador Delcídio do Amaral.

Postagens populares

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

DOCUMENTAÇÂO PARA ENCAMINHA SALARIO
MATERNIDADE OU AUXILIO DOENÇA

-. Certidão de Nascimento ou Casamento;
-. CPF, Identidade, Carteira Profissional e Titulo Eleitoral;
-. Prontuário Familiar;
-. Requerimento de Matricula dos Filhos, se tiver;
-. Ficha de Emergência, se tiver;
-. No caso de auxilio doença Atestado Médico.
-.No caso de Salário Maternidade Declaração de
Nascido Vivo e Certidão de Nascimento.
-. Carteira do Sindicato, se tiver, não tendo será
necessário fazer; para fazer a inscrição no sindicato,
trazer 2 fotos 3 x 4 e os documentos citados
-. Guia de Contribuição Sindical; se tiver;
-. Incra Atual da terra onde trabalha;
-. Contrato de Parceria ou Comodato Rural;
-. Declaração do Proprietário;
-. No Mínimo um documento contemporâneo
que prove ser agricultor(a)
-. Declaração de 3(Três) confrontantes da terra
onde trabalha e copia ITR de cada um deles

OBS: 02 Xérox de Cada Documento